Quali 1 Extreme E – X44 é a mais rápida do primeiro quali do Ocean X Prix

Tempo foi conquistado em sessão sem acidentes e com marcas bem próximas entre os três primeiros

O primeiro Quali do Ocean X Prix foi liderado pela X44, Sebastien Loeb e Cristina Gutierrez conquistaram a P1 sem grande vantagem, já que as três primeiras equipes ficaram separadas por apenas 15 segundos. A surpresa da sessão foi a Chip Ganassi que contou Kyle Leduc em uma volta espetacular para conquistar a P2 para a equipe. 

Com uma nova integrante, a ABT Cupra ficou com o terceiro lugar e a Acciona Sainz não completou por problemas no carro. 

SAIBA COMO FOI A SESSÃO 

Veloce

Jamie Chadwick “estreou” pela Veloce na Extreme E. A equipe praticamente não participou da primeira etapa porque Stephane Sarrazin capotou o carro no Quali 1 e eles tiveram que desistir da competição. Os dois não foram ruins na primeira fase, fizeram 11:37.559 e ficaram com o 6º tempo no final.

Acciona Sainz

Carlos Sainz entregou o carro para Laia Sanz com 23.33 de vantagem para a dupla da Veloce, mas um problema durante a volta da pilota causou o abandono da dupla nessa fase. 

Andretti United 

Timmy Hansen também teve problemas durante a sua volta. O carro parou na segunda metade do traçado e demorou a funcionar de novo. O piloto teve melhor sorte que a dupla da Acciona Sainz, mas perdeu mais de 3 minutos em relação à Veloce. Catie Munnings completou a volta com o tempo total de 14:39.665.

RXR 

Mais uma equipe que iniciou a volta com o piloto. Johan Kristoffersson fez uma volta limpa e Molly Taylor deixou a troca de pilotos com 4.79 segundos abaixo do tempo da Veloce. A pilota ampliou a vantagem para mais de 35 segundos no fim. A australiana completou a volta em 11:02.310 e deu o primeiro lugar da sessão para a equipe que é a atual líder do campeonato.

ABT Cupra

Mattias Ekstrom foi o primeiro da dupla a ir para a pista, a equipe que ocupa a XX posição no campeonato parece dar sinais de grande evolução. Ekstrom teve sua companheira de equipe substituída de emergência na sexta-feira. Claudia Hurtgen apresentou problemas de saúde e não participou da sessão. Jutta Kleinschmidt, única mulher a vencer o Dakar em 2001, assumiu o lugar da compatriota.

Ela completou a volta com o tempo total de 10:58.122, assumindo a liderança da sessão.. 

O momento de troca da equipe entrou em investigação porque o 2º piloto só pode avançar na área de troca quando o carro está parado e em ponto neutro e Jutta descumpriu essa regra.

X44

Sebastien Loeb também fez um belo trabalho na primeira volta da e entregou o carro para Cristina Gutierrez com 1.52 abaixo do tempo da ABT Cupra. A espanhola tirou tudo o que pode do carro e já na metade da volta estava quase 10 segundos mais rápida. No fim, ela alcançou a marca de 10:47.289, arrancando a P1 do Quali.

Chip Ganassi

Sara Price teve uma volta consistente, mas não muito rápida. Ela chegou para a troca de pilotos com 13 segundos acima do tempo da “pole”. Kyle Leduc, que bateu duas vezes na etapa da Arábia Saudita, extrapolou todos os limites possíveis do carro e da pista para completar a volta em 10:51.528 e garantir o segundo lugar para o time. 

JBXE 

Substituindo Jenson Button no volante da JBXE, Kevin Hansen deu a primeira volta da equipe. O campeão de 2009 na Fórmula 1 preferiu se concentrar na tarefa de chefe de equipe nessa etapa. Kevin é irmão de Timmy Hansen, piloto da Andretti United.

Ele completou a volta com 13 segundos acima do tempo da X44. Mikaela Ahlin-Kottulinsky não conseguiu melhorar a marca e a equipe ficou com a 5ª posição com o tempo de 11:13.405.

XITE

Com novo nome, a Hispano-Suiza agora é XITE Energy Racing. Oliver Bennet iniciou os trabalhos, mas já estava a quase 40 segundos acima do tempo da X44 durante a troca. Christine Giampaoli Zonca não melhorou o tempo da dupla e eles ficaram com a última posição com o tempo de 11:52.806.

Sair da versão mobile