Preview GP da Inglaterra de Fórmula 1 – It’s Coming Home

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

O Grande Prêmio da Grã-Bretanha é mais conhecido aqui no Brasil como Grande Prêmio da Inglaterra. A primeira corrida de Fórmula 1 foi disputada em 1950, sendo a prova de abertura do campeonato naquele ano e realizada no circuito de Silverstone, mas a primeira corrida no país foi disputada em 1926 na pista de Brooklands, no entanto ela foi drasticamente danificada no início da Segunda Guerra Mundial e abandonada.

A maioria dos novos circuitos britânicos foram construídos dentro dos aeroportos da Royal Air Force que ficaram em desuso depois da guerra e com Silverstone não foi diferente. Em 1955 os Grandes Prêmios da Grã-Bretanha começaram a ser alternados com o circuito de Aintree. Em 1963 a pista de Brands Hatch que havia sido construída em 1950 e ampliada em 1960 passou a receber a Fórmula 1. Jim Clark que era piloto da Lotus-Climax na época venceu nos três circuitos diferentes que a Inglaterra teve para as suas disputas, com quatro vitórias consecutivas no país.

Silverstone era uma das pistas favoritas dos pilotos, já que oferecia um grande desafio com as curvas Copse, Stowe e Club mas em 1991 passou por uma reforma e teve seu traçado alterado. Na pista que prevaleceu entre os anos de 1975 e 1985, Keke Rosberg que foi campeão em 1982 era o piloto com a volta mais rápida no circuito 1:05:591 e a velocidade obtida era de 258 km/h.

lll Pneus

A pista de Silverstone é muito abrasiva, criando facilmente bolhas nos pneus. Os pilotos estão em constante aceleração, mesmo com as 18 curvas que a prova oferece, apenas uma é feita abaixo dos 100 km/h. A pista também apresenta uma dificuldade em relação aos acertos aerodinâmicos, o downforce é de suma importância em suas curvas longas e rápidas. 

O circuito foi recapeado, pouco antes da prova deste ano, a fim de suavizar a sua abrasividade. Desta forma a ela pode ficar também mais veloz e os recordes talvez sejam batidos com os novos compostos.

É uma prova que costuma ter boas ultrapassagens, mas em alguns momentos elas precisam de ter mais cuidado ou serem negociadas.

O clima é difícil de prever, pois tanto a condição de sol forte é possível, como chuvas torrenciais.

https://twitter.com/pirellisport/status/1148208603016441861

Os compostos a serem utilizados são: C1 (duro – faixa branca), C2 (médio – faixa amarela) e C3 (macio – faixa vermelha). A estratégia no ano passado, esteve em uma ou duas paradas, por conta de duas entradas do safety car. Por isso todos os pilotos que optaram por um segundo pit-stop, fizeram quando o carro de segurança estava na pista.

lll Corrida de 2018

Sebastian Vettel venceu a corrida na Inglaterra, quebrando o favoritismo que era estritamente da Mercedes, com Lewis Hamilton.

O final de semana foi muito quente e por conta disso a Ferrari passou a ter um ponto positivo contra a rival, pois era melhor para o aquecimento dos seus pneus.

A liderança nos treinos livres foi dividida entre as duas grandes forças, mas sempre uma seguindo muito de perto a outra. A Mercedes faturou a pole no sábado, mas Sebastian Vettel ficou na cola de Hamilton por 0s044, mostrando mais uma vez que a corrida seria de fato acirrada entre eles.

Na largada, o inglês não tracionou bem e se viu caindo para a terceira posição, sendo atacado por Kimi Raikkonen. Os dois se tocaram, rodaram, mas o mais prejudicado foi Hamilton, que caiu para a última posição e precisou escalar o grid. Já Raikkonen ficou em sétimo e para ele, as ultrapassagens foram um pouco mais fáceis. Vettel passou a liderar a prova com folga para Bottas que era o segundo colocado com Verstappen em terceiro.

A prova teve o seu seguimento. Raikkonen foi punido com 10 segundos pela batida com Bottas e cumpriu ela na sua parada nos boxes. O finlandês da Ferrari parou primeiro que todo mundo e caiu para a décima posição, mas voltou a escalar o grid, na sua tocada agressiva e cheia de garra.

Após a parada nos boxes dos líderes, Sebastian Vettel seguia na ponta, mas a diferença entre ele e Bottas passou a diminuir a cada volta, com a Mercedes mandando o seu piloto partir para cima do alemão, já que ele estava com problema nos pneus dianteiros, mas parecia que Vettel estava apenas administrando a sua corrida.

E foi na volta 33, após a batida forte de Marcus Ericsson e a entrada do Safety Car, que a Ferrari adotou a segunda parada para os seus pilotos, instalando um jogo de macios mais novos. Dessa forma Bottas assumiu a ponta e Hamilton foi à terceira posição, já que a Red Bull também havia chamado Verstappen para os boxes e Ricciardo três voltas antes da colisão.

Na relargada, com os pneus mais novos, Bottas já sentia a diferença e a agressividade de Vettel para cima dele. O alemão não fez cerimônia na tentativa pela ultrapassagem, mas logo um novo Safety Car entrou na pista por conta de Sainz e Grosjean que haviam batido.

Mais algumas voltas atrás do carro de segurança até a relargada. Vettel se aproximou de Bottas, já que o finlandês praticamente estacionou na pista. O alemão tentou de várias formas ultrapassar, mas sem a asa móvel ativa era muito complicado. Um pouco mais atrás, Raikkonen que já havia pressionado Verstappen na primeira relargada da prova, ameaçando o holandês mais uma vez para subir para a quarta posição.

Assim que o DRS foi liberado, Vettel concluiu a ultrapassagem e abriu vantagem para Bottas de mais de um segundo, impossibilitando um rebote do adversário que ficava sem poder usar a asa móvel para atacar. Hamilton se aproximou do companheiro de equipe e o ultrapassou também, deixando Bottas para Kimi Raikkonen.

E Kimi Raikkonen por sua vez, mostrando a boa performance na corrida, também ultrapassou o compatriota sem nenhum problema para ir ao pódio. Mesmo com o toque no início da prova o finlandês da Ferrari mostrou o ótimo desempenho do seu carro, aliado com a sua boa performance, que em alguns momentos aparece como um passe de mágicas.

Sebastian Vettel saiu da Inglaterra com 8 pontos de diferença para Hamilton, o alemão tem 171, contra os 163 do inglês.

https://twitter.com/GarotadaF1/status/1148998878814973952


Assinar

BPCast

Ou assine com seu app favorito usando o endereço abaixo

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!