ColunistasFórmula 1Post

Preview – ePrix de Jacarta, o início da segunda metade do campeonato da Fórmula E

Neste fim de semana a Fórmula E vai disputar a 9ª etapa do calendário, dando início a segunda metade do campeonato. A prova será disputada em Jacarta, mancando a estreia do campeonato elétrico na Indonésia.

Será um campo completamente novo e com várias possibilidades, pois os 22 pilotos, além de suas equipes, vão precisar encontrar a configuração ideal rapidamente. Obviamente os times contaram com os simuladores, mas nada se compara ao entrar na pista e senti-la.

“Trabalhamos exaustivamente com o objetivo de conhecimento do traçado e busca das melhores referências para freadas e contorno das curvas. O software que temos na equipe é muito evoluído e até mesmo a granulação do piso é possível notarmos enquanto estamos treinando. Num traçado que será novo para todo mundo, cada detalhe nesta dedicação prévia poderá fazer grande diferença nas primeiras atividades do fim de semana de corrida”, disse o piloto Sergio Sette Câmara.

O traçado com características de um circuito de rua chama bastante atenção, ele conta com 18 curvas, mas uma grande reta principal. A pista está localizada no complexo litorâneo de Ancol, no maior parque do sudeste asiático. O traçado de 2.37 KM conta com várias ondulações, típicas de um traçado de rua, além das mudanças de elevação. Os setores da pista são bem variados, mas que contam com um bom nível técnico, mas será um grande desafio por conta da alta velocidade e possivelmente a dificuldade para realizar a regeneração de energia.

O circuito de Jacarta é bem veloz e deve dar uma dinâmica diferente para a primeira prova da Fórmula E na Indonésia – Foto: reprodução Fórmula E

O piloto Sergio Sette Câmara está em busca dos primeiros pontos com a Dragon, portanto o brasileiro está ansioso para guiar em Jacarta. “Será um desafio bem legal acelerar nesta pista. É um traçado que traz os vários desafios de uma pista de rua montado num parque muito bonito. Temos trechos de pista com inclinação, as já tradicionais ondulações de um piso não preparado para corridas e uma mistura de setores de alta velocidade com curvas muito técnicas”, disse Câmara.

LEIA MAIS: Fórmula E concluí metade da temporada e dá início ao novo desafio

O traçado conta com espaço para as batalhas, mas após a largada a curva 1 pode ser um espaço bem interessante para ganhar algumas posições. A cidade turística foi escolhida para abrigar uma corrida, justamente para atrair o público e movimentar a economia depois da pandemia de Covid-19. Conforme a Indonésia avança, esse local foi escolhido pelas autoridades como um potencial centro de inovação, à medida que a Indonésia avança para realizar a transição completa para veículos elétricos até 2050.

Jacarta foi a cidade escolhida para receber a 9ª etapa da Fórmula E, neste projeto de expansão da categoria elétrica – Foto: reprodução Fórmula E

Atualmente Stoffel Vandoorne é o líder do campeonato, contando com 111 pontos, contra os 99 conquistados por Edoardo Mortara, mas menos de 30 pontos separam o líder do quinto colocado. Nesta segunda metade do campeonato é esperada muita disputa e até mesmo algumas reviravoltas, principalmente quando chegarem na Coreia do Sul para disputar as últimas duas rodadas.

O equipamento da Mercedes que compõe os carros da equipe alemã, assim como os carros da Venturi, tem roubado a cena em alguns momentos do campeonato. Mortara teve os seus altos e baixos, mas Vandoorne está realizando uma boa companha. Em Berlim, Mortara não era uma dúvida, imprimindo um ritmo forte desde os treinos livres, o suíço venceu a primeira corrida e conseguiu um P2 na segunda prova, isso contribuiu para ele voltar para a disputa.

Jean-Eric Vergne pode não contar com vitórias nessa temporada, mas tem 100% de aproveitamento até agora, o piloto pontuou em todas as etapas e ocupa a terceira posição do campeonato. O francês está em busca da sua primeira vitória da temporada, principalmente para recuperar a liderança.

Programação para o ePrix de Jacarta – Foto: Ale Ranieri / BP

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!