ColunistasFórmula EPost

Preview do ePrix de Marrakesh – A Fórmula E mais uma vez no Marrocos

Neste fim de semana a Fórmula E está em Marrakesh para disputar a décima etapa do calendário. A categoria elétrica organiza corridas no Marrocos desde 2016, quando a primeira prova foi vencida por Sebastien Buemi.

A Fórmula E escolheu Marrakesh para receber a décima etapa, substituindo o ePrix de Vancouver, uma alternativa encontrada para manter o calendário inicial da 8ª temporada, ainda com as 16 etapas que foram planejadas para o campeonato de 2021/22.

Stoffel Vandoorne lidera o mundial de pilotos, contando atualmente com 121 pontos, enquanto Jean-Eric Vergne mantém a regularidade na temporada e ocupa o segundo lugar com 116 pontos, contra 114 de Edoardo Mortara.

Mitch Evans também está participando da disputa do campeonato, o piloto da Jaguar venceu a prova realizada em Jacarta, após vencer a rodada dupla em Roma. Seu time enfrentou alguns problemas no começo da temporada, mas eles também providenciaram ajustes que foram essenciais para levar Evans ao quarto lugar, somando então 109 pontos.

LEIA MAIS: Mitch Evans fala sobre a volta por cima da Jaguar no campeonato

A regularidade na Fórmula E é a coisa mais importante para se disputar o campeonato, essa consistência faz total diferença e dentre esses quatro pilotos que estão na disputa, Vergne é o que melhor está lidando com as circunstâncias, já que pontuou durante todas as corridas até aqui. Infelizmente o francês ainda não conseguiu a sua tão esperada vitória e agora o piloto Vergne está há 20 corridas sem uma vitória

Vandoorne também está realizando um bom trabalho e neste ano conseguiu se aproveitar de mais oportunidades do que o seu companheiro de equipe, Nyck de Vries. O belga ficou fora da zona de pontuação apenas em uma prova, e mesmo com o piloto holandês contando com duas vitórias, De Vries é apenas o sexto colocado, contando com 65 pontos, contra os 81 obtidos por Robin Frijns.

A Dragon segue como única equipe do grid que não conseguiu pontos ainda, mesmo com o brasileiro Sergio Sette Câmara brigando por uma posição melhor durante a classificação, o equipamento da Dragon não consegue sustentar o ritmo de corrida. Antonio Giovinazzi está enfrentando problemas com o carro desde o início da temporada, além de ter lidado com a fase de adaptação nas primeiras provas.

A prova é disputada no Circuito urbano de Moulay El Hassan, em homenagem ao príncipe herdeiro de Marrocos. A pista é conhecida pela sua velocidade e dificuldade técnica, ela conta com 12 curvas e três retas, que forma o traçado de 2.971 km.


O último piloto a vencer no traçado foi Antonio Felix da Costa da DS Techeetah que conseguiu uma vitória que mais tarde levou ele a conquistar o título da temporada 2019/20 da Fórmula E.

Confira a programação para o ePrix de Marrakesh – Foto: Ale Ranieri / BP

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!