@PirelliSport #F1: #Preview do GP de Abu Dhabi 2016 – #AbuDhabiGP #F1Finale

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

| Rubens Gomes Passos Netto – publicado em 24 de novembro de 2016, às 23:45

Rodada 21 de 21 – Yas Marina, Abu Dhabi, de 25 a 27 de novembro de 2016

Milão, 7 de novembro de 2016 – O campeonato mundial de Fórmula 1 deste ano chega ao fim em Abu Dhabi. A decisão do título de pilotos ficou para a última corrida. A Pirelli levará para Abu Dhabi os três compostos mais macios de sua gama: O P Zero Roxo ultramacio, o P Zero Vermelho supermacio e o P Zero Amarelo macio. O ultramacio será utilizado pela primeira vez desde Cingapura, fazendo sua quinta aparição no ano.

Fonte: @PirelliSports
Fonte: @PirelliSports

O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DO PNEU

• A superfície da pista de Yas Marina é muito lisa, com uma grande variedade de curvas e velocidades. O clima é quente e consistente o ano todo, o que torna o local ideal para testes.

• Como o circuito é muito variado, as equipes tendem a correr com um acerto de média pressão aerodinâmica.

• Ultrapassagens tendem a ser complicadas em Yas Marina, então a estratégia pode ajudar a impulsionar a posição na pista.

• A superfície lisa geralmente leva a baixos níveis de uso e degradação dos pneus.

• A corrida começa no fim da tarde, às 17h (horário local), e termina no início da noite, o que significa que a temperatura da pista tende a variar, às vezes caindo drasticamente.

• A tração é um aspecto fundamental no comportamento dos pneus em Abu Dhabi, com todas as acelerações nas saídas das curvas.

• Como no Brasil, Yas Marina tem a volta no sentido anti-horário, o que não é típico no restante da temporada.

f1-abu-dhabi-pirelli-2
Fonte: @PirelliSports

OS TRÊS COMPOSTOS SELECIONADOS

Amarelo macio: visto em todas as corridas, porém será o composto mais duro do fim de semana.
• Vermelho supermacio: usado previamente em Abu Dhabi e, como o macio, é um conjunto mandatório.
Roxo ultramacio: ele tem uma vantagem em termos de velocidade, então coloca uma interessante variável nas estratégias.

preview-pirelli-abudhabi-3
Fonte: @PirelliSports

COMO FOI NO ANO PASSADO

• Nico Rosberg, da Mercedes, venceu a corrida, de 55 voltas, com uma estratégia de duas paradas. Ele começou com o supermacio e então parou para colocar pneus macios nas voltas 10 e 31. A estratégia de duas paradas foi a mais popular.

Melhor estratégia alternativa: Sebastian Vettel também parou duas vezes, porém fez dois stints com pneus macios e usou o supermacio no último trecho. Isso permitiu que ele saltasse de 15º do grid para quarto.

PAUL HEMBERY, DIRETOR DE MOTORSPORT DA PIRELLI: “Abu Dhabi é um dos circuitos que melhor conhecemos, devido ao grande número de testes que realizamos lá, incluindo alguns com os pneus mais largos de 2017, que vêm acontecendo desde agosto. O novo elemento para este ano obviamente é o pneu ultramacio, que proporciona uma velocidade extra em um circuito que oferece um bom teste para os pneus. Na verdade, todos os compostos selecionados para este ano são bem adequados para Abu Dhabi, abrindo diversas opções de estratégias. Apesar de toda a atenção estar voltada para o fim da temporada 2016, nós já estamos olhando para 2017, com uma apresentação para a imprensa antes do início do Grande Prêmio e, então, o primeiro teste com todos os três carros adaptados juntos na pista com os pneus de 2017, na terça-feira após a corrida.”

O QUE É NOVO
• Abu Dhabi também será o último Grande Prêmio para a atual geração de carros, antes que as novas regras 2017 comecem a valer, o que deve aumentar os tempos de volta em cinco segundos na comparação com 2015.
• Assim como o título de pilotos da F1, tanto o campeonato da GP2 como o da GP3 serão definidos em Abu Dhabi. O italiano Antonio Giovinazzi está na disputa pelo título da GP2 em seu primeiro ano na categoria.
• Nico Rosberg e Lewis Hamilton fizeram exatamente a mesma seleção de pneus para a decisão do título. Nico Hulkenberg fez a escolha mais agressiva, com oito jogos de pneus ultramacio.
• Na mesma noite do último teste da F1 em Abu Dhabi (29/11), o Calendário Pirelli 2017, clicado pelo fotógrafo e diretor alemão Peter Lindbergh, será lançado em Paris.

PNEUS SELECIONADOS ATÉ O MOMENTO:

pneus-2016-gp-gp

Fonte: maxpressnet.com.br/Pirelli_F1_Preview_Grande_Premio_de_Abu_Dhabi

 

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.