PIRELLI: Definidos os compostos para o GP da Austrália de 2019

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Pirelli divulgou hoje (05/03) as escolhas de pneus feita pelos pilotos de cada composto disponível para o GP da Austrália que sera realizado de 15 a 17 de março em Melbourne.

Este ano ao contrário do ano passado quando tínhamos sete compostos diferentes, este ano teremos apenas cinco.

Para a etapa de abertura da temporada 2019, a empresa italiana escolheu os compostos C2 (branco-duro), C3 (amarelo-médio) e C4 (vermelho-macio)

O que já havíamos visto no ano passado (maior escolhas dos compostos mais macios disponíveis) e que se repetiu nos testes de Barcelona, o composto C4 se tornou o composto mais escolhido pelas equipes, apenas os pilotos da Williams e Racing Point optaram por 8 unidades, enquanto que as demais optaram por nove unidades, menos a Renault que vai contar com dez unidades para cada piloto.

Russell e Hülkenberg devem traçar estrategias diferentes, pois o Russell optou po quatro compostos C3 e Hülkenberg por apenas um composto C3.

As demais escolhas foram bem conservadoras, observando apenas que entre Ferrari, Mercedes e Red Bull, somente Leclerc fez um opção por dois C2 e dois C3.

O GP da Austrália será realizado em Melbourne no dia 17 de março, às 02:10 da madrugada de sábado para domingo.

Fonte: Pirelli

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.