Pirelli anuncia os compostos e conjuntos obrigatórios para os Grandes Prêmios da Espanha, Mônaco, Canadá e Azerbaijão de Fórmula 1 de 2017

A Pirelli levará os seguintes compostos de pneus para as etapas da Espanha (12 a 14 de maio), Mônaco (26 a 28 de maio), Canadá (9 a 11 de junho) e Azerbaijão (23 a 25 de Junho), da temporada 2017 da Fórmula 1, que serão realizadas nos circuitos de Montmelò, Monte-Carlo, Montreal e Baku, respectivamente.

Fonte: @PirelliSport

(1) Cada piloto deve guardar para o Q3 um jogo de pneus dos mais macios dos três compostos indicados. Este conjunto será devolvido à Pirelli após o Q3 para aqueles que se classificarem no top 10, mas os pilotos restantes poderão mantê-los para a corrida – como é o caso atualmente.

(2) Cada piloto deve ter as duas opções de jogos disponíveis para a corrida e precisam usar pelo menos um deles.

As equipes são livres para escolher os dez conjuntos restantes (excluindo dos cinco primeiros eventos deste ano, até a Espanha, no qual a Pirelli irá determinar os compostos), completando, assim, 13 conjuntos no total para o fim de semana.

OS PNEUS SELECIONADOS ATÉ O MOMENTO*:

Fonte: @PirelliSport

(*) O regulamento determina que a escolha dos pneus para os eventos fora do continente europeu precisam ser feitas pelas equipes com 14 semanas de antecedência, enquanto que para as corridas europeias o prazo é de 8 semanas de antecedência.

Fontes: News.Pirelli.com/Spain-Monaco-Canada-Azerbaijan-2017-compounds e Pirelli.com/br/pt/Pirelli-anuncia-os-compostos-e-conjuntos-obrigatorios-para-os-grandes-premios-da-Espanha-Monaco-Canada-e-Azerbaijao

 

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.

Um comentário em “Pirelli anuncia os compostos e conjuntos obrigatórios para os Grandes Prêmios da Espanha, Mônaco, Canadá e Azerbaijão de Fórmula 1 de 2017

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.