Maurício ultrapassa Navarro nas últimas voltas e vence segunda prova disputada em Santa Cruz do Sul

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Se a primeira prova disputada em Santa Cruz do Sul realizada hoje (21), não foi nada previsível, a segunda então foi cheia de reviravoltas. Ricardo Maurício venceu a disputa, seguido por Denis Navarro em seu melhor resultado na categoria. Nelson Piquet Jr, cruzou a linha de chegada em terceiro.

A largada já proporcionou fortes emoções, pois vários toques aconteceram e desta forma, diversos pilotos foram forçados a abandonar a prova, por conta das avarias em seus carros. A corrida teve seguimento, após a saída do Sefety Car, mas Bia Figueiredo bateu forte e mais uma vez ele precisou retornar a pista.

Os pilotos ficaram próximos, disputaram espaço e a utilização do botão de ultrapassagem deu mais uma movimentada na pista, antes da abertura dos boxes. Após os pit-stops Lucas Foresti não era mais líder, pois o carro enfrentou problemas nos boxes.  Osman assumiu a ponta, mas os pilotos que vinham atrás estavam com os carros em melhores condições, volta a volta ele foi ultrapassado e Denis Navarro se tornou o novo líder.

As disputas se intensificaram nas últimas voltas e o piloto da Cavaleiro Sports, não conseguiu se defender dos ataques de Ricardo Maurício, mesmo tendo cinco botões de ultrapassagem para serem utilizados. A estratégia pode não ter sido boa, por conta dos abastecimentos que foram mais curtos e talvez, Navarro não tivesse combustível suficiente se utilizasse eles.

Nelsinho Piquet chegou ao segundo pódio da sua carreira na Stock Car, correndo pela primeira vez em Santa Cruz do Sul.

Guga Lima da Volgel Motorsports foi o quarto colocado, disputando espaço com Galid Osman, outro piloto que perdeu performance após o pit-stop. Julio Campos, assim como Daniel Serra, sexto e sétimo colocados, foram os que mais pontuaram.

Cacá Bueno, completou o top-10, seguido por Pedro Cardoso e Max Wilson.

Lucas Foresti teve a infelicidade de não completar a prova, pois abandonou a prova, no pit-stop.

Foram 13, os pilotos que não completaram a segunda corrida e apenas 14 cruzaram a linha de chegada.

lll Saiba como foi a segunda corrida em Santa Cruz do Sul

Os pilotos que receberam o Fan Push, foram: Agustin Canapino, Rubens Barrichello, Thiago Camilo, Bia Figueiredo, Nelson Piquet e Lucas Foresti.

Com o grid invertido, dos dez primeiros, as posições eram: Foresti, Barrichello, Baptista, Bueno, Osman, Zonta, Wilson, Abreu, Serra e Campos.

Foresti, foi tocado por Bruno Baptista, mas conseguia manter a dianteira, seguido por Barrichello.

Diferente da primeira prova, acidentes aconteceram no primeiro giro. Os pilotos mais prejudicados foram Gabriel Casagrande e Rafael Suzuki. Abreu foi tocado e acabou girando na pista, precisando seguir para os boxes por conta do carro danificado.  Marcos Gomes perdeu o capô e realizou uma parada, para recuperar o carro. Marcel Coletta precisou abandonar a pista e por último, Pedro Cardoso que estava com a carenagem do carro danificada, recolheu para os boxes.

O Safety Car entrou na pista, para a remoção dos pilotos, bem como para limpeza do circuito.

Com a relargada aos 32 minutos, Lucas Foresti, conseguiu manter a dianteira e abriu um pouco de espaço para Barrichello, que por sua vez, fora pressionado por Osman, terceiro colocado. 

Bia Figueiredo foi lançada para a barreira de pneus, pouco depois da sessão ser retomada. O acidente aconteceu, após toques entre Valdeno Brito e Cesar Ramos, que tiveram consequências direta naqueles que estavam na sua frente, até por conta da proximidade. Diego Nunes estava atrás da pilota da Ipiranga. O Safety Car, entrou mais uma vez, aos 29 minutos.

A relargada aconteceu na volta 7 e os pilotos estavam mais uma vez bem próximos. Foresti mantinha a dianteira, mantendo a ”configuração” com Rubens Barrichello e Galid Osman.

O grid na volta 8, era: Foresti, Barrichello, Osman, Wilson, Bueno, Serra, Campos, Navarro, Canapino e Piquet Jr.

As disputas estavam concentradas entre os três primeiros, depois Wilson era atacado por Bueno, valendo a quarta posição.

Com o acionamento do botão de ultrapassagem na volta 10, Barrichello perdeu três posições. Osman assumiu a segundo lugar, com Wilson em terceiro. Enquanto isso Canapino abandonava a prova após um toque com Gaetano di Mauro.

Ao passarem pela reta dos boxes dava para ver o quanto os pilotos estavam colados.

A abertura dos boxes, aconteceu na volta 12. Galid Osman havia assumido a primeira posição, conseguindo abrir distância para Lucas Foresti, deixando o piloto da Volgel em disputas intensas com Max Wilson e Rubens Barrichello.

Rapidamente, Guga Lima, Pedro Cardoso, Julio Campos, Daniel Serra e Diego Nunes, seguiram para os boxes, realizando as suas paradas.

Nelsinho Piquet saltou de quinto para a terceira posição, restando pouco mais de 16 minutos para o término da prova, com mais uma volta. Logo depois Nelsinho, partiu para o ataque em Barrichello e com o acionamento do Fan Push, conseguia a segunda posição.

Nos boxes a situação não era boa para Lucas Foresti, que acabou por abandonar a corrida, após o carro morrer e a equipe não conseguir mais dar a partida no mesmo.

Os dois pilotos da Full Time Sports lideravam a prova, antes das paradas. Na dupla, Barrichello, foi o primeiro a seguir para os boxes, Piquet, foi chamado no giro seguinte e conseguiu voltar bem a frente do companheiro de equipe.

Depois de todas as paradas, Navarro passava a ser o líder da provam por Osman estava sofrendo com o desgaste de pneus. Ricardo Maurício era visto em terceiro, seguido por Guga Lima e Nelson Piquet Jr.

As primeiras posições eram bem disputadas, Piquet aproveitava para crescer na pista, após ultrapassar Lima e Osman perdia espaço para Maurício.

Na volta 20, as posições eram: Navarro, Maurício, Osman, Piquet Jr, Lima, Cardoso, Campos, Serra, Bueno e Wilson. Barrichello havia caído para a décima primeira posição.

Com menos de cinco minutos, as coisas esquentavam para Navarro, pois Maurício havia encostado no piloto da Cavaleiro Sports.

Navarro tentava o acionamento do push para abrir distância entre eles, alternando o uso dele. Maurício, conseguia se valer da utilização do botão, para conseguir a ultrapassagem em Navarro e ampliar a distância entre eles.

Atrás, Campos, se defendia dos ataques de Serra e a disputa colocava o sétimo lugar em jogo.

Os líderes haviam cruzado a linha de chegada, antes do cronômetro zerar e precisaram desta forma completar mais dois giros.

Maurício venceu a segunda prova, com Navarro em seus melhores resultado na categoria, seguido por Piquet em terceiro.

Os 13 pilotos que abandonaram a prova, foram: Lucas Foresti, Agustin Canapino, Gaetano di Mauro, Valdeno Brito, Cesar Ramos, Bia Figueiredo, Marcos Gomes, Bruno Baptista, Átila Abreu, Rafael Suzuki, Marcel Coletta, Allam Khodair e Gabriel Casagrande.

Confira o resultado da corrida 2:

1 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 27 voltas em 46min53s
2 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 1.193
3 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 7.784
4 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 8.538
5 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 13.519
6 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 15.223
7 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 15.642
8 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 19.041
9 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), a 21.120
10 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 21.710
11 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 21.881
12 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 26.736
13 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 27.201
14 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 28.276
15 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 13 voltas
16 . Agustín Canapino ( YPF Elaion ), a 17 voltas
17 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 17 voltas
18 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 17 voltas
19 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 22 voltas
20 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 22 voltas
21 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 25 voltas
22 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a –
23 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a –
24 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a –
25 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a –
26 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a –
27 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a –

Subscribe to
BPCast

Or subscribe with your favorite app by using the address below

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!