ColunistasFórmula 1Post

Leclerc surpreende mais uma vez e define a pole para o GP do Azerbaijão

A classificação para o GP do Azerbaijão foi realizada neste sábado (11), onde Charles Leclerc conquistou a 15ª pole da sua carreira. O monegasco era o segundo colocado, mas na sua última saída dos boxes fez um bom trabalho e registrou 1m41s359. Como esperado, a disputa foi bem acirrada, pela pole, Red Bull e Ferrari estavam sobrando nesta pista, o duelo ficou concentrado entre as suas duplas de piloto e ao completar a atividade eles conseguiram ficar a mais de um segundo para o quinto colocado.

Leclerc ficou com a pole, Max Verstappen era o segundo colocado, mas mais uma vez Sergio Pérez superou o companheiro de equipe e com a marca de 1m41s641 conquistou o segundo lugar. Max Verstappen então foi empurrado para o terceiro lugar, desta forma vai dividir a fila com Carlos Sainz, pois o piloto espanhol cometeu um erro na sua última tentativa de volta e de pole provisório, caiu para o quarto lugar.

Não foi muito fácil para a dupla da Mercedes chegar ao Q3, os pilotos tiveram que se ajudar para chegar até essa posição, trabalhando principalmente a troca de vácuo, algo que dá bastante diferença nesta pista. George Russell ficou com o quinto lugar, acompanhado por Pierre Gasly da AlphaTauri, enquanto Lewis Hamilton que brigou bastante com o carro, obteve o sétimo lugar.

Yuki Tsunoda repetiu o bom ritmo dos treinos livres e ficou com a oitava posição, acompanhado por Sebastian Vettel e Fernando Alonso.

A sessão foi marcada por algumas bandeiras amarelas, mas apenas uma bandeira vermelha, a paralisação foi provocada por Lance Stroll da Aston Martin.

A Fórmula 1 retorna às 08h (pelo horário de Brasília), para a realização do GP do Azerbaijão.

Saiba como foi a Classificação para o GP do Azerbaijão

A sombra invadiu a pista e as temperaturas foram reduzidas, antes do início da classificação a temperatura no asfalto estava na casa dos 37°C, com 25°C no ambiente. A classificação começou quinze minutos após do tempo esperado, por conta do atraso que ocorreu para o início do TL3.

Q1

Lando Norris puxou a fila para a saída dos boxes. Todos os pilotos estavam equipados com os pneus macios (C5) para aferir as suas voltas rápidas. O piloto da McLaren anotou 1m45s061, mas na sequência Ocon saltou para a ponta com 1m44s297, Vettel superou Ricciardo ao registrar 1m44s324, contra 1m44s734.

Verstappen foi o primeiro carro a atingir a marca de 1m42s938, com Pérez obtendo 1m43s198. Leclerc ficou na terceira posição com 1m43s225, enquanto Sainz se estabeleceu na quarta posição com 1m43s897. Verstappen estava fazendo um zigue-zague na pista para aquecer os pneus, mas prejudicou Russell.

Na quarta volta do pneu, foi a vez de Ocon ficar com o sexto lugar (1m43s781), acompanhado por Gasly que tinha superado Alonso. Norris fechou mais uma volta na casa de 1m44s237 para ficar com a nona posição. Russell fechou a sua volta no quarto lugar com 1m43s781. Antes de retornarem aos boxes, Leclerc completou mais uma volta rápida anotando 1m42s865, superando Verstappen por 0s073. Sainz então se tornou o terceiro colocado.

Entretanto, a dupla da Red Bull estava muito forte e decidiu dar mais uma volta na pista, Pérez obteve 1m42s733, mas na sequência o holandês obteve 1m42s722 – desta forma a Red Bull formava uma dobradinha. Na zona de eliminação era possível ver: Albon, Bottas, Latifi, Stroll e Schumacher. O alemão da Haas e seu companheiro de equipe estavam sendo investigados pela forma como foram liberados dos boxes para o pit-lane pelas suas equipes.

Stroll que fora devolvido para a pista com outro jogo de pneus macios nos últimos quatro minutos da sessão tocou na curva 7. A asa dianteira não ficou danificada, mas quando o piloto da Aston Martin tentou fazer uma nova volta rápida, mas perdeu o controle do carro na curva 2 e neste momento danificou a suspensão dianteira do AMR22.

O piloto canadense cometeu vários erros durante os treinos livres, a batida dele na classificação era quase que inevitável.

A bandeira vermelha foi dada para a limpeza da pista.

Restavam apenas 2m30s para o encerramento da atividade, desta forma uma fila de formou na saída do pit-lane com vários pilotos tentando se livrar da eliminação. Todos os pilotos que precisavam conseguiram abrir volta, mas eles estavam bem próximos.

Gasly conseguiu o quinto tempo, com Tsunoda em sétimo, acompanhado por Russell que estava em oitavo. Zhou ficou com o nono tempo, enquanto Hamilton era o décimo primeiro. Alonso perdeu o ponto de freada e passou reto, usando uma área de escape para fugir de uma batida.

Eliminados 

16) Kevin Magnussen – 1m44s643
17) Alexander Albon – 1m44s719
18) Nicholas Latifi – 1m45s719
19) Lance Stroll – 1m45s371 (bateu)
20) Mick Schumacher – 1m45s775

Q2

A fila se formou mais uma vez pelo pit-lane para a disputa do Q2. Novamente os pilotos estavam usando pneus macios. A tentativa de estabelecer uma volta rápida logo, tentando fugir de uma bandeira vermelha, estimulava ainda mais essa saída dos boxes.

Como a dupla da Red Bull puxou a fila de saída, Verstappen abriu a tabela de tempos com 1m42s227, seguido por Pérez que tinha registrado 1m41s258. Na sequência Sainz roubou a liderança da atividade depois de anotar 1m42s088, enquanto Leclerc obteve 1m42s182, mesmo cometendo um erro ao passar por cima de uma zebra. Neste momento os dez primeiros eram: Sainz, Leclerc, Verstappen, Pérez, Gasly, Russell, Vettel, Alonso, Tsunoda e Norris. A dupla da Alfa Romeo aguardou mais tempo para liberar a sua dupla de pilotos. Gasly que era o quinto colocado, estava separado por mais de 1 segundo de Sainz.

Vettel bateu na curva 15, depois que o freio não correspondeu da forma esperada, solicitando a equipe uma verificação neste retorno aos boxes. Pérez completou mais uma volta rápida, o mexicano foi o primeiro a entrar na casa de 1m41s955, roubando a ponta da dupla da Ferrari.

Os pilotos da Alfa Romeo foram liberados para a pista nos últimos quatro minutos. Hamilton passou a ser investigado por estar andando de forma muito lenta na pista, mas os diretores de prova dariam o parecer ao final da classificação.

Russell deu o vácuo para Hamilton, desta forma o dono do carro #44 conseguiu a sexta posição e avançou para o Q3. Norris e Tsunoda cometeram erros, provocando a ativação da bandeira amarela localizada. A dupla da McLaren, assim como Ocon e os pilotos da Alfa Romeo foram eliminados.

Eliminados 

11) Lando Norris – 1m43s398
12) Daniel Ricciardo – 1m43s574
13) Esteban Ocon – 1m43s585
14) Zhou Guanyu – 1m43s790
15) Valtteri Bottas – 1m44s444

Q3

Quando foram liberados para o Q3, a temperatura na pista tinha caído para dos 34°C. Os pilotos deixaram rapidamente os boxes para trabalhar a temperatura dos compostos e tentar aferir uma volta rápida. Gasly registrou 1m42s845, enquanto Alonso tinha apenas 1m43s676.

Quando Sainz fechou a sua volta, o espanhol anotou 1m41s814, se estabelecendo na primeira posição. Leclerc era o segundo colocado, separado por 0s047. Pérez estava na terceira posição com 1m41s940, enquanto Verstappen tinha 1m41s989. O monegasco perdeu um pouco a traseira do seu carro, enquanto Pérez raspou a barreira de contenção.

Os dez primeiros eram: Sainz, Leclerc, Pérez, Verstappen, Gasly, Russell, Vettel, Hamilton, Alonso e Tsunoda.

Na última tentativa Sainz raspou o muro e o primeiro setor ficou comprometido. Leclerc continuou o percurso em volta rápida, o monegasco obteve 1m41s359. Com o cronômetro zerado Verstappen obteve 1m41s706, mas Pérez conseguiu superar o holandês mais uma vez, anotando 1m41s641. Sainz foi empurrado para o quarto lugar. Russell superou Gasly para ficar com o quinto lugar, enquanto Hamilton foi o sétimo colocado.

Leclerc cravou a 15ª pole da carreira, superando Verstappen em número de poles.

Algumas investigações estão ocorrendo pós-classificação, desta forma o grid pode sofrer alterações.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!