Efemérides de Mônaco

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Williams venceu o primeiro GP em Mônaco:

Não caros leitores do boletim do paddock, não foi a equipe de Frank Williams a primeira vencedora da prova monegasca em 1929, mas sim o britânico William Grover Williams que entrou para a historia pilotando um Bugatti.

Williams a bordo do seu Bugatti no GP de Mônaco de 1929 (Fonte: @Tumblr)

É difícil conseguir ultrapassar em Mônaco? Sim, muito difícil. A prova é que de todos os vencedores nas ruas de Monte Carlo apenas oito não partiram das seis primeiras posições :

1930 – Rene Dreyfus (Bugatti) 10.

1931 – Louis Chiron (Bugatti) 11.

1932 – Tazio Nuvolari (Alfa Romeo) 11.

1934 – Guy Moll (Alfa Romeo) 7.

1952 – Vitorio Marzotto (Ferrari) 11.

1955 – Maurice Trintignant (Ferrari) 9.

1970 – Jochen Rindt (Lotus) 8.

1996 – Olivier Panis (Ligier) 14.

| VENCENDO EM CASA:

O único monegasco a vencer no principado foi Louis Chiron em 1931 guiando um Bugatti.

| VITÓRIAS APENAS EM MÔNACO:

Ayrton Senna é o rei de Mônaco, mas existem outros pilotos que tem uma relação especial com as mágicas ruas monegascas. São os pilotos que venceram apenas o GP de Mônaco.

| MAURICE TRINTIGNAT (1955 e 1958)

GP de Mônaco de 1958, vencido pelo francês Maurice Trintignant (repetindo a vitória de 1955) a bordo do seu Cooper da equipe de Rob Walker. (Fonte: @Tumblr)

O francês conquistou suas duas vitórias em Mônaco na década de 50.

| JEAN PIERRE BELTOISE (1972)

Fonte: @Tumblr

Em uma das provas mais chuvosas já vistas coube a Beltoise conquistar a última vitória da tradicional equipe BRM.

| OLIVIER PANIS (1996)

Fonte: @Tumblr

Em outra prova completamente maluca, o francês conquistou sua única vitória e também a última da simpática Ligier.

| JARNO TRULLI (2004)

Fonte: @Tumblr

Antes de ser demitido da Renault o italiano quebrou a sequência de 5 vitorias de Michael Schumacher em um ano onde a Scuderia era imbatível.

Outros pilotos conquistaram suas primeiras vitórias em Mônaco:

Juan Manuel Fangio – 1950

Jack Brabham – 1959

Patrick Depailler – 1978

Riccardo Patrese – 1982

Estreita, sinuosa, difícil de ultrapassar, desafiadora, charmosa, imperdoável com os erros. Apenas os gênios conseguem desafiar seus limites, quem já teve o prazer de ver um Fórmula 1 acelerando ao vivo em um autódromo faz ideia do quão especial e difícil deve ser dominar um carro daqueles nas ruas do Principado.

 

Subscribe to
BPCast

Or subscribe with your favorite app by using the address below


Cristiano Seixas

Fã hardcore de Fórmula 1, apreciador da história, números e estatísticas da categoria, mais conhecido como Mestre Cristiano Seixas, Wikipédia erra o Cristiano não.