Dia 18 de 365 dias dos mais importantes da história do Automobilismo – 8º de Junho de 2014: #DanielDay que se originou no GP do Canadá de 2014

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

8 de junho – #DanielDay

Hoje, na Austrália, comemora-se o Daniel Day para os fãs do automobilismo, mais propriamente dizendo, para os australianos fãs de Fórmula 1.

Para entender isso, vamos embarcar em nosso DeLorean para 8 de junho de 2014…

| O Cenário

A Red Bull vinha de anos vencedores, e tinha um dos melhores carros do Grid. 2014 foi o primeiro ano do V6, onde a Mercedes chegou como a melhor equipe a temporada. Ferrari ainda enfrentava dificuldades com o desenvolvimento, e era a terceira força. Williams era uma ótima equipe que brigava feio com a Force Índia, que já tinha Sergio Perez como piloto e o quarto lugar nos construtores.

Sabemos que 2014 faz tempo quando pensamos que a Marussia ainda existia, McLaren ainda pontuava com os dois carros e pegava pódios.

| A Corrida

A largada foi “tranquila”, ou seja, não teve ninguém tretando, exceto Hamilton tentando ultrapassar Rosberg e tomando um “chega pra lá” do alemão, o que custou a segunda posição para outro alemão, Sebastian Vettel.

Logo na primeira volta, Jules Bianchi bateu em Max Chilton e o tirou da corrida, levando sua Marussia para casa mais cedo também. A curiosidade sobre isso é que Chilton nunca havia abandonado uma corrida antes do GP do Canadá de 2014 (Porra Jules! Kkkk)

Após a entrada do safety car e a permanência até a oitava volta, a corrida voltou, aparentemente tudo em seu devido lugar: Hamilton ultrapassou Vettel na décima volta e começou a pressionar Rosberg. O alemão segurou Hamilton e permaneceu na frente.

Toda a tranquilidade da corrida acabou na volta 37, onde as duas Mercedes tiveram um problema de motor, que comprometeu a potência das silver arrows em menos 160HP. Esta falha sobrecarregou o sistema de freios, causando o abandono de Hamilton na volta 48, após seu pit-stop. Com isso, Rosberg segurou a liderança, quase tendo que empurrar seu carro.

Curiosamente, após a parada das Mercedes, quem liderava e ficou com a volta mais rápida deste GP foi Felipe Massa. Durante a parada de Felipe Massa, formou-se uma procissão atrás de Rosberg, com Perez, Ricciardo e Vettel andando igual um comboio de amigos descendo para a praia.

Massa retornou em quinto lugar, mas se aproximou e começou a “tirar tempo” de Vettel, volta a Volta.

Na volta 66, o dono deste dia começou a brilhar. Perez começou a ter problemas com os freios de sua Force Índia, e Ric aproveitou a oportunidade para ultrapassa-lo. Além de ultrapassar Perez, o australiano tirou 0.7 segundos de Rosberg, e na penúltima volta o ultrapassou!!!

Ric manteve a liderança na última volta, que ficou marcada por uma colisão entre Perez é Felipe Massa.

A vitória de Daniel Ricciardo foi a primeira da Red Bull em 2014, quebrando as infinitas dobradinhas da Mercedes. O primeiro lugar do GP do Canadá foi a primeira vitória da carreira de Daniel Ricciardo, e por isso, na Austrália hoje é “comemorado” entre os fãs de automobilismo o “Daniel Day”.

Fonte: @RBR

Daniel Ricciardo continua na Red Bull Racing, hoje ao lado de Max Verstappen, e este ano, depois de começar abandonando o GP de sua casa, já conquistou 2 pódios e está 7 pontos à frente de seu companheiro de equipe.

Erika Prado

Erika Prado, Ericoke, São Paulo - SP Nascida e criada na zona Lost, tornou-se podcaster devido a Bruno Shinosaki, e colunista devido a Rubens GP Netto. Estudante de engenharia mecânica, e apaixonada por qualquer máquina que precise de um coração (motor). Além de fã de automobilismo, é cinéfila e ama música de quase todos os gêneros (principalmente as que dão pra fazer coreografia), gosta de escrever textos como se estivesse contando algo pra alguém ou defendendo alguém em uma conversa, com memes, desenhos e até gráficos. Também ama auto-conhecimento, saúde mental e principalmente: a causa feminista. E não sabe ser breve...

Um comentário em “Dia 18 de 365 dias dos mais importantes da história do Automobilismo – 8º de Junho de 2014: #DanielDay que se originou no GP do Canadá de 2014

Fechado para comentários.