ColunistasFórmula EPost

Dennis supera Vandoorne e crava pole para o ePrix de Londres

Em primeiro duelo do fim de semana, Vandoorne tem vantagem, pois começará a corrida da primeira fila, enquanto os outros postulantes ao título estão espalhados pelo grid

A classificação da Fórmula E foi agitada e vários pilotos estão quebrando a cabeça para definir as suas estratégias para a corrida. Dos líderes do Campeonato, apenas Stoffel Vandoorne se saiu bem na sessão. O piloto belga não conquistou a pole, mas dividirá a primeira fila com Jake Dennis da Andretti.

O belga brigou até o último instante da volta, mas o segundo lugar não é um resultado ruim, principalmente quando os seus adversários estão misturados no restante do pelotão.

Vandoorne contará com De Vries que conquistou o terceiro lugar e pode ajudar o belga na defesa da posição. Destaque para Sergio Sette Câmara que conquistou o quarto lugar. Por outro lado, Lucas di Grassi foi punido na classificação por ter atrapalhado outros adversários, desta forma o brasileiro que corre pela Venturi começara a prova da última posição do grid.

Treinos Livres

A Fórmula E está neste fim de semana em Londres, para disputar a penúltima etapa da temporada. Os treinos livres começaram na sexta-feira por ser uma rodada dupla, a primeira sessão foi liderada por Sergio Sette Câmara da Dragon.

A performance do time chamou a atenção, principalmente por Antonio Giovinazzi ter conquistado o 4º lugar. A dupla da Dragon é a única que continua sem pontos até o momento, mas a equipe está tentando terminar a temporada conquistando ao menos alguns pontos.

O segundo treino foi realizado como primeira atividade do sábado, nesta sessão Jake Dennis encontrou a performance necessária para ficar na ponta. O piloto da Andretti esteve acompanhado por Oliver Rowland da Mahindra e Andre Lotterer. Os líderes do campeonato ficaram espalhados pelo grid.

Saiba como foi a Classificação da Fórmula E

O clima para a classificação era de muita tenção, com os pilotos que estão disputando o Campeonato desejando melhores posições para a corrida. O circuito onde é disputado o ePrix de Londres é complicado, os pilotos não têm muita chance de disputar posições pois não existem muitos pontos de ultrapassagem. Na temporada passada vimos muitas batidas acontecendo ao longo da prova.

GRUPO A

Como de costume os pilotos foram separados em dois grupos para disputar a classificação e definir as posições para a largada. Os pilotos brasileiros, Lucas de Grassi e Sérgio Sette Câmara estavam presentes no primeiro grupo.

A temperatura na pista estava na casa dos 27°C, com 24°C no ambiente.

Assim que a pista foi liberada, Sette Câmara seguiu para o traçado, onde abriu a tabela de tempos ao registrar 1m14s968. Na sequência Di Grassi anotou 1m14s680, para ocupar a liderança do primeiro grupo, enquanto os outros pilotos completaram suas voltas com tempos mais altos.

A sessão seguiu e na próxima volta os pilotos melhoraram as suas voltas. Cassidy assumiu a liderança com 1m14s246, para na sequência Sette Câmara registrar 1m14s260, acompanhado por Stoffel Vandoorne e Mitch Evans. Di Grassi perdeu um pouco de terreno e ficou na sétima posição.

Os pilotos fizeram uma breve passagem nos boxes, antes de sair uma outra vez para a pista. Turvey comandou a saída dos boxes com o carro da NIO, para os últimos três minutos de atividade. Com o cronômetro zerado Sette Câmara saltou para a segunda posição com 1m14s023, contra 1m13s796 de Vandoorne. Cassidy e Di Grassi também avançaram para a segunda parte da classificação.

Evans que está disputando o título ficou apenas com a oitava posição, dependendo do resultado do pole do seu grupo, o piloto da Jaguar cometeu um erro na sua última volta. Di Grassi passou a ser investigado por ter atrapalhado Frijns.

GRUPO B

O segundo grupo contava com Edoardo Mortara e Jean-Éric Vergne, que também estão concorrendo ao título. Antonio Giovinazzi da Dragon liderava a sessão ao registrar 1m14s816, contra 1m14s943 obtidos por Antonio Felix da Costa.

Com a sessão avançando, Dennis que liderou o TL2, tomou a ponta com 1m14s073. Após a primeira tentativa de voltas rápidas, De Vries aparecia na segunda posição, acompanhado por Askew e Lotterer.

Nos últimos três minutos os pilotos retornaram mais uma vez para a pista. Os competidores se concentravam em aquecer os pneus e preparar o carro antes da volta rápida ser disputada. Com o cronometro zerado Dennis, De Vries, Askew e Lotterer seguiram para a próxima fase. Mortara e Da Costa ficaram abaixo do Top-4. Antonio Giovinazzi ficou apenas com a décima posição, sem conseguir melhorar o seu tempo.

Di Grassi teve todos os seus tempos da Classificação deletados, impedido de seguir para a próxima fase.

QUARTAS DE FINAL

No primeiro duelo Lotterer e Vandoorne se enfrentaram. O piloto da Porsche foi o primeiro a completar a volta anotando 1m13s917, mas na sequência o belga obteve 1m13s528, derrotando o adversário.

Askew e Câmara então seguiram para o traçado, com o brasileiro apresentou uma boa vantagem para o piloto da Andretti. Askew tinha 1m13s688, mas o brasileiro registrou 1m13s330, avançando para a próxima fase da classificação.

O terceiro duelo ocorreu entre Cassidy e De Vries. O piloto da Mercedes tinha uma parcial melhor. Casidy da Envision completou a sua volta primeiro com 1m13s852, contra 1m13s457 estabelecido pelo piloto da Mercedes, desta forma a equipe alemã tinha os dois pilotos na semifinal.

Günther e Dennis estiveram no último duelo. O piloto da Nissan começou com uma pequena vantagem, mas o competidor da Andretti rapidamente reverteu o jogo a seu favor. Günther estabeleceu 1m13s470, contra 1m13s225.

SEMIFINAL

O primeiro duelo da semifinal foi travado por Vandoorne e Sette Câmara. Na abertura da volta, o belga conseguiu uma pequena vantagem, ampliando-a conforme avançava na pista. Essa vantagem se traduziu no tempo em que Vandoorne registrou 1m13s131, com o brasileiro conseguindo apenas 1m13s474.

Na sequência foi a vez de De Vries e Dennis, o duelo era bem apertado, mas a Andretti mostrava a sua força. O holandês obteve 1m13s314, para na sequência Dennis derrotar o adversário com 1m13s005.

POLE

Para finalizar a classificação o último duelo foi realizado entre Vandoorne e Dennis. O belga foi o primeiro a abrir a sua volta, mas Dennis tinha um ritmo forte na pista, abrindo uma vantagem para o belga. Vandoorne fechou a sua volta com 1m13s298, mas na sequência Dennis estabeleceu o melhor tempo, cravando a pole.

Definição do grid de largada para o ePrix de Londres – Foto: reprodução

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!