Classificação Rússia – Bottas confirma boa performance de Mercedes e crava a pole

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Valtteri Bottas conseguiu a sexta pole-position da carreira hoje (29) ao registrar 1:31:387, conseguindo superar Hamilton e melhorando ainda mais a sua primeira marca obtida no circuito de Sochi. Novamente a dupla da Ferrari não se achou, durante todo o final de semana ficando apagados e o melhor resultado da equipe italiana com Vettel, veio na sexta-feira quando o alemão liderou o TL1.

Magnussen com a Haas ficou com a quinta posição, seguido por Ocon da Recing Point Force India. Ambas as equipes conseguiram passar para o Q3 com os dois carros, Pérez foi o oitavo com Grosjean em nono. Leclerc da Sauber era o sétimo e Ericsson, décimo, comprovando o bom rendimento da equipe durante o final de semana.

Da quinta posição para baixo, vale ressaltar que as equipes ficaram livres de enfrentar um confronto da pista, já que a dupla da Red Bull e Gasly da Toro Rosso não participaram do Q2. A Renault também decidiu poupar o seu carro e os pneus, pois já sabia da punição das duas equipes que estavam na sua frente.

Punições

Os dois pilotos da Red Bull, Max Verstappen e Daniel Ricciardo, além da dupla da Toro Rosso com Pierre Gasly e Brendon Hartley e Fernando Alonso da McLaren foram punidos na sexta-feira de treinos livres da Fórmula 1, por troca de componentes do motor.

A troca foi antecipada para Sochi por diferentes motivos, na equipe austríaca é porque eles acreditam que com as altitudes do México o atual motor não suportaria. Na Toro Rosso foi por conta da Honda já que a próxima disputa é no Japão, lar da parceira técnica e por isso as atualizações foram antecipadas. Já no carro do espanhol não existia uma grande explicação e foi mais por conta da necessidade.

lll Saiba como foi a Classificação

https://twitter.com/F1/status/1046006953724530690

A temperatura na pista havia aumentado para 37°C e no ambiente estava na casa dos 23°C. O primeiro a deixar os boxes foi Lance Stroll da Williams, seguido por Magnussen e Sirotikin, todos utilizando os pneus hipermacios.

Magnussen foi o primeiro a registrar tempo com 1:34:078 e era seguido por Grosjean, Sirotkin e Stroll. Pouco depis Raikkonen concluía a sua primeira volta do Q1, com a marca de 1:33:880, mas Sebastian Vettel conseguia superar o companheiro de equipe com 1:33:534. Magnussen permanecia em terceiro, acompanhado por Gasly e Leclerc.

Hamilton e Bottas da Mercedes estavam em volta rápida, com o finlandês registrando 1:33:170, enquanto o inglês que havia feiro um primeiro e um segundo ótimo setor, abortava a volta no terceiro se tornando apenas o décimo.

A dupla da Racing Point Force India estava em quinto e sétimo. Ricciardo e Verstappen permaneciam nos boxes, restando 8 minutos para o término do Q1.

Os pilotos da Ferrari melhoravam a sua marca, com Raikkonen superando Sebastian Vettel e ficaram separado por 0s171 de Bottas.

Hamilton conseguia passar para a ponta ao registrar 1:32:825. Aos poucos os pilotos seguiam para os boxes para a realização da troca de pneus. Grosjean retornava com os compostos hipermacios para mais um stint de voltas rápida.

O inglês chegava a marca de 1:32:410 em sua última passagem na pista. Ricciardo e Verstappen passaram para o Q2 em terceiro com Ricciardo e quarto com Verstappen.

Quando a sessão foi encerrada Sirotkin acabava rodando e provocou uma bandeira amarela momentânea atrapalhando quem vinha atrás do russo. Os que estavam na zona de corte não melhoravam as suas marcas.

lll Eliminados

16) Breandon Hartley: 1:35:037

17) Fernando Alonso 1:35:504

18) Serguey Sirotkin: 1:35:612

19) Stoffel Vandoorne 1:35:977

20) Lance Strioll: 1:36:977

lll Q2

A dupla da Mercedes era a primeira a deixar os boxes, utilizando os pneus utramacios, estratégia adotada também pela Ferrari. Hamilton assumia a liderança da tabela com 1:32:595, seguido por Bottas com 1:32:744. Vettel conseguia superar com o companheiro de equipe ao anotar 1:33:045.

A dupla da Red Bull não participaria do Q2 e do Q3 para não largar com os pneus já desgastados no momento em que tem uma punição para cumprir.

https://twitter.com/F1/status/1046015287106174976

Leclerc era o quinto colocado com 1:33:488, seguido por Ocon e Pérez. Grosjean e Magnussen eram os últimos a registrar a suas primeiras voltas no Q2 como francês conseguindo subir para o sexto lugar, com o dinamarquês em oitavo. A dupla da Mercedes e Ferrari havim recolhido para os boxes.

Gasly, Sainz e Hulkenberg permaneciam nos boxes restando pouco mais de 5 minutos para o término da sessão.

Na tentativa de passar para o Q3, os pilotos retornavam para os boxes, para realizar a troca dos pneus e conseguir realizar mais um stint rápido. Magnussen e Ericsson eram os primeiros a retornar. Mercedes e Ferrari enviavam os seus pilotos com compostos hipermacios mas todos abortaram as suas voltas.

Todos os eliminados não haviam tempo cronometrado no Q2. A Renault optou por poupar o carro e os pneus, sabendo que os pilotos que estavam a sua frente, têm punições para cumprir no grid da corrida de domingo.

lll Eliminados

11) Max Verstappen – Sem tempo

12) Daniel Ricciardo – Sem tempo

13) Pierre Gasly – Sem Tempo

14) Carlos Sainz – Sem Tempo

15) Nico Hulkenberg – Sem Tempo

lll Q3

Ocon liderou a saída dos boxes em que todos os pilotos utilizavam os pneus hipermacios. O francês da Racing Point Force India registrava 1:33:413, mas pouco depois Bottas chegava a liderança com 1:31:528, seguido por Hamilton com 1:31:532. Vettel ficava na terceira posição, seguido por Raikkonen e Ocon se tornava o quinto. Leclerc em sua primeira tentativa era visto em sexto, acompanhado por Magnussen, Pérez e Grosjean. Ericsson não tinha tempo aferido. Os pilotos retornavam aos boxes para mais uma troca de pneus.

Restando pouco mais de 3 minutos para o término da sessão, os carros retornaram mais uma vez para a pista, novamente utilizando os compostos hipermacios. Bottas conseguia melhorar a sua marca para 1:31:387. A volta de Lewis Hamilton não fora cronometrada e Vettel se mantinha na terceira posição com Raikkonen em quarto.

Magnussen conseguia a quinta posição, seguido por Ocon, Leclerc, Pérez, Grosjean e Ericsson.

Foto: @F1

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.