Classificação EUA - Hamilton fica mais próximo do penta, após conquistar a pole-position • BP • Boletim do Paddock

Classificação EUA – Hamilton fica mais próximo do penta, após conquistar a pole-position

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Lewis Hamilton chegou a 81ª pole-position hoje (20) ao registrar 1:32:237, em uma ótima volta. O inglês não foi tão bem no terceiro treino livre, pois a pista ainda estava muito verde e também não obteve o melhor rendimento com a utilização dos compostos supermacios durante o Q2. Os carros da Mercedes ainda andam melhor com os ultramacios, mas lembramos que durante a largada neste domingo a dupla vai estar com os compostos de faixa vermelha.Hamilton pode chegar a conquista de mais um título mundial, já neste Grande Prêmio.

É uma pena Sebastian Vettel ter que cumprir uma punição, já que conseguiu fechar com 1:32:298, ficando a 0s061 atrás de Hamilton. O alemão amanhã vai estar na quinta posição. Raikkonen foi muito bem na classificação e assim como o companheiro de equipe ficou muito próximo da pole, com 1:32:307. O finlandês teve um desempenho constante.

Ricciardo ocupa o quinto lugar, enquanto Verstappen é apenas o décimo quinto, já que quebrou a suspensão traseira durante o Q1. Completando o grid dos dez primeiro, ainda é possível ver Ocon, Hulkenberg, Grosjean, Leclerc e Pérez.

A largada para a corrida ocorre às 15h10, pelo horário de Brasília, neste domingo (21)

lll Saiba como foi a Classificação

Para a classificação, não havia previsão de chuva, a umidade havia reduzido para 75%. A temperatura na pista estava na casa dos 21°C, com 19°C de temperatura ambiente.

lll Q1

Brendon Hartley era o primeiro a deixar os boxes e era seguido por Gasly e Stroll, todos utilizavam os compostos ultramacios nesta fase. O neozelandês da Toro Rosso abria a tabela de tempos ao registrar 1:36:943, mas logo depois era superado pelo companheiro de equipe que tinha 1:36:457. No entanto o tempo de Pierre Gasly fora cancelado por ter excedidos os limites da pista, passando com as quatro rodas por fora da linha branca.

Da dupla da Ferrari, Raikkonen era o primeiro concluir a volta e tinha 1:34:938, mas Vettel conseguia assumir a primeira posição com 1:34:569. Leclerc era o terceiro, seguido por Sirotkin.

Após um giro mais lento, Raikkonen anotava 1:34:703. Hamilton e Bottas concluíam suas voltas e o inglês passava a liderar a sessão com 1:34:176, seguido pelo companheiro de equipe com 1:34:518.

Restando 7 minutos para o final, a dupla da Ferrari já havia retornado aos boxes. Outros pilotos seguiam para realizar a troca de pneus e tentar melhorar as suas marcas. As posições eram: Hamilton, Bottas, Vettel, Raikkonen, Verstappen, Grosjean, Ricciardo, Sainz, Gasly, Pérez.

Restando cinco minutos para o final, Verstappen perdia a tração traseira da sua Red Bull, após passar pela lombada na curva 15 e ter a suspenção traseira direita quebrada. O holandês retornava para os boxes, mas não retornaria para o Q2.

Hamilton permanecia na ponta com 1:34:130 e logo depois retornava aos boxes. Do sétimo competidor para baixo, todos haviam instalados ultramacios novos.

lll Eliminados

16) Fernando Alonso 1:35:294

17) Sergey Sirotkin 1:35:362

18) Lance Stroll 1:35:480

19) Marcus Ericsson 1:35:536

20) Stoffel Vandoorne 1:35:735

lll Q2

Valtteri Bottas puxava a saída dos boxes e estava utilizando os pneus supermacios, assim como Hamilton e Vettel. Raikkonen utilizava os ultramacios.

Raikkonen assumia a ponta com 1:32:884 e era seguido por Vettel com 1:33:079. Bottas estava em terceiro, com Hamilton em quarto. Ricciardo aparecia em quinto, acompanhado por Leclerc de ultamacios, assim como Ocon que era o sétimo e a dupla da Renault com Hulkenberg e Sainz.

A dupla da Ferrari aguardava nos boxes, enquanto os outros seguiam para a troca de compostos e mais uma tentativa de avançar para o Q3. Restavam 7 minutos para o término da segunda etapa.

Com quatro voltas do jogo de supermacios, Hamilton superava o companheiro de equipe, ficando em terceiro lugar com 1:33:480.

Restando três minutos, os pilotos retornavam para a pista, os pilotos da Mercedes estavam com os ultramacios, assim como Vettel que também havia instalado os compostos mais rápidos do final de semana.

Grosjean confirmava a sétima posição e era seguido por Ocon. Pérez permanecia em nono, com Hulkenberg em décimo. Gasly, Hartley e Verstappen não tiveram tempo aferido. A dupla da Mercedes, assim como Vettel, não concluíam uma volta rápida com os compostos ultramacios.

lll Eliminados

11) Carlos Sainz 1:34:680

12) Kevin Magnussen 1:34:732

13) Pierre Gasly – Sem Tempo

14) Brendon Hartley – Sem Tempo

15) Max Verstappen – Sem Tempo

lll Q3

Raikkonen, Vettel, Hamilton, Bottas e Ricciardo utilizavam ultramacios novos, enquanto Grosjean, Ocon, Pérez e Hulkenberg estavam com os compostos já utilizados e mais desgastados. Leclerc permanecia nos boxes.

Bottas concluía a volta com 1:32:686, Hamilton saltava para a ponta com 1:32:567 e Raikkonen era o quarto com 1:33:024, já que Vettel conseguia se encaixar entre os carros da Mercedes com 1:32:655.

Ricciardo passava a ser o quinto, com Grosjean em sexto. Hulkenberg ficava em sétimo, acompanhado por Ocon e Pérez. Todos os pilotos retornavam para os boxes, visando retornar mais uma vez para a pista e brigar pela pole ou por melhora nas colocações.

Com pouco mais de 3 minutos os competidores retornavam para a pista. Raikkonen melhorava para 1:32:307, mas era superado por Hamilton com 1:32:237. Vettel conseguia o segundo lugar com 1:32:298, atrás do inglês por 0s061. Bottas era o quarto.

Ricciardo permanecia em quinto, Ocon concluía em sexto, seguido por Hulkenberg, Grosjean e Leclerc que havia dado apenas uma volta rápida o Q3. Pérez fechava no décimo lugar.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.