ColunistasFórmula 1Post

Circuito Albert Park em Melbourne passa por obras tornando o traçado mais veloz

O primeiro GP da Austrália foi disputado em 1996, mas antes da realização da corrida acontecer no Albert Park, algumas benfeitorias foram necessárias já que as instalações eram da Segunda Guerra Mundial.

Está será uma das grandes transformações da pista que já recebe a Fórmula 1, com o objetivo de possibilitar mais ultrapassagens e promover uma corrida mais dinâmica e competitiva o Albeet Park está passando por modificações que já vão ser obeservadas na corrida disputada de 19 a 21 de novembro.

O circuito conta com 16 curvas e sete delas estão sendo modificadas, duas serão totalmente removidas. A mudança óbvia está na remoção da chicane entre a curva 9 e 10, para dar mais movimento ao circuito e tornar a curva uma virada para a direita de uma forma mais radical – abrindo a possibilidade para uma Zona de DRS adicional.

Foto: reprodução F1

As curvas 1, 3, 6, 13 e 15 vão ser aumentadas, mas a curva 13 e a 15 além do alargamento do trecho as curvas sofreram ajustes em sua curvatura. O trabalho realizado na curva 6 aumentará a velocidade que os carros vão executar aquela curva, a velocidade atual é de cerca de 149 km/h, que agora deve chegar a 219 km/h.

Com as alterações o circuito passará a ter 14 curvas, já que as curvas 11/12, serão as curvas 9/10, com a alteração se estendendo para as outras.

As modificações realizadas estão prevendo que os tempos de volta vão cair em cinco segundos durante a classificação de 1m21s para 1m15s8. A última prova realizada em Melbourne ocorreu em 2019, contando com a pole de Lewis Hamilton após anotar 1m20s486.

Não é somente o traçado que sofrerá as alterações, o pitlane foi alargado e conta com 2m, para que a velocidade máxima no local seja de 80 km/h. O asfalto será completamente refeito entre 2021 e 2021, no intervalo entre as etapas.

As mudanças não são pensadas só para este campeonato, mas também para atender as necessidades da categoria em 2022 que deseja ter provas mais disputadas e um campeonato mais apertado.

Pilotos são consultados sobre mudanças

Daniel Ricciardo é o único australiano do Grid da Fórmula 1, ele e diversos competidores da categoria foram consultados sobre as mudanças planejadas para o circuito.

“Muitos de nós, pilotos, foram consultados sobre as mudanças e fiquei feliz com isso. Pudemos dar nossas opiniões e sugestões. Nem todos os pilotos estarão alinhados, é claro, mas uma coisa em que podemos concordar é que queremos tornar os domingos, o dia da corrida, melhores.”

“Alargando algumas curvas, criando partes mais retas em alguns lugares para permitir que os pilotos possam pegar mais vácuo que outros.”

“Cada circuito de rua é um desafio, mas o Albert Park é muito rápido, o que só contribui para isso. Há muitas curvas de quarta e quinta marchas, mas ele é muito estreito em certas partes. Tem sido um lugar difícil de ultrapassar, normalmente por causa dessa largura, combinado aos carros rápidos, é ainda mais complicado seguir as sequências de curva em alta velocidade.”

“Mas mudar alguns dos vértices e criar mais espaço, permitindo mais chance de fazer uma ultrapassagem de mergulho, ou mesmo mudar sua linha para sair do ar sujo, acho que realmente ajudará.”

Daniel Ricciardo ainda não conta com pole ou vitória na Australia, mas tem grandes chances de conseguir um bom resultado guiando pela McLaren em 2021.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!