ColunistasNascarPost

Chase Briscoe surpreende no último estágio e vence a primeira na NASCAR Cup Series

Os três primeiros colocados foram pilotos que buscavam a primeira vitória na Cup, agora Briscoe está entre os vencedores (Alejandro Alvarez/NASCAR Digital Media)

A zebra resolveu correr solta na etapa de Phoenix da NASCAR Cup Series. Na corrida realizada no palco da decisão do campeonato no fim do ano, pilotos que não estavam cotados entre os favoritos cresceram de rendimento na parte final da prova e desbancaram os favoritos. Dentre os nomes, prevaleceu Chase Briscoe, que venceu pela primeira vez na divisão principal e garantiu a vaga nos playoffs.

A corrida foi dominada na maior parte do tempo por Ryan Blaney, que largou na pole e liderou o maior número de voltas, no entanto, a Penske não fez um bom trabalho de boxes ao longo da corrida, especialmente na parte final da prova, e tirou-lhe as chances de vitória.

Ryan Blaney liderou o maior número de voltas, mas o trabalho nos boxes o atrapalhou (Sean Gardner/Getty Images)

A Hendrick tinha alguns pilotos com desempenhos competitivos. Chase Elliott e William Byron andaram entre os primeiros por boa parte da corrida, mas não se deram bem no trabalho de boxes, principalmente nos últimos pits. Kyle Larson, que largou do fim do grid, chegou a se recuperar e andar entre os primeiros, mas abandonou com problemas de motor.

Com isso, nomes improváveis apareceram no horizonte e começaram a surpreender. O primeiro foi Chase Briscoe, que emergiu na briga pela liderança no terceiro segmento e assumiu a ponta na relargada de 69 voltas para o final, O piloto da Stewart Haas segurou Chase Elliott até a rodada de Erik Jones, quando faltava 24 giros para o fim.

Após a sequência de paradas, Briscoe passou a duelar com Ross Chastain e Tyler Reddick, além do companheiro de equipe, Kevin Harvick, pela ponta, mas conseguiu se consolidar na liderança. Contudo, outra bandeira amarela foi acionada seis voltas para o final com a rodada de Elliott. 

Na última relargada, Chastain bem que tentou contestar a liderança, mas Briscoe conseguiu abrir a vantagem e, na disputa de quem venceria pela primeira vez na NASCAR, melhor para o piloto da Stewart-Haas. O representante da Trackhouse Racing ficou em segundo, seguido por Reddick, Blaney e Kurt Busch, que conquistou seu melhor resultado na equipe 23XI.

A NASCAR Cup Series volta no próximo domingo, em etapa realizada no recém-reformado circuito de Atlanta.

Top-10 da etapa de Phoenix:

1 – Chase Briscoe (Stewart-Haas/Ford)
2 – Ross Chastain (Trackhouse/Chevrolet)
3 – Tyler Reddick (Richard Childress/Chevrolet)
4 – Ryan Blaney (Penske/Ford)
5 – Kurt Busch (23XI/Toyota)
6 – Kevin Harvick (Stewart-Haas/Ford)
7 – Kyle Busch (Joe Gibbs/Toyota)
8 – Joey Logano (Penske/Ford)
9 – Daniel Suárez (Trackhouse/Chevrolet)
10 – Chris Buescher (RFK/Ford)

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!