Café com Deborah – Ferrari é a grande surpresa, mas o que foi visto em Singapura?

A doce imprevisibilidade acontece algumas vezes, em Singapura chegamos tão cheios de certeza sobre Mercedes e Red Bull, que a Ferrari foi completamente deletada das apostas.

Para o time italiano obter a terceira vitória consecutiva, vários fatores se alinharam, começando pela atualização na asa dianteira, assoalho, difusor e asa traseira, o objetivo deste novo conjunto era trazer uma melhor pressão aerodinâmica, tal qual o circuito exigia.

Outra coisa que mudou o final de semana, foi o fato da equipe observar mais de perto as ações de Mercedes, Red Bull e as demais equipes de meio de pelotão em pista. O jeito foi alinhar a estratégia com o time austríaco, eles deram a ordem em Vettel quando ninguém foi capaz de reagir, o alemão era o piloto mais ameaçado em pista e passível de tomar um undercut.

Com a parada de Vettel, a Ferrari devolveu ele livre para a pista, a equipe alemã precisava reagir, mas havia perdido o momento, o ritmo poderia ser suficiente mas logo após Vettel concluir uma volta com os novos compostos, a diferença para Hamilton só diminuía e em condições normais a sua posição já era.

Charles Leclerc foi aos boxes, na parada com tempo programada para ele, mas se viu devolvido para a pista atrás do companheiro de equipe, tudo por conta dos pneus aquecidos e da pista limpa que Vettel pegou pela frente. Obviamente Leclerc não ficou nada satisfeito, ranhetou no rádio, mas a equipe só queria que eles trouxessem o carro para casa, em perfeitas condições e que nenhuma manobra estupida fosse executada, capaz de eliminá-los.

O erro, fez com que a estratégia de Bottas, fosse direcionada para Alexander Albon, que estava logo atrás do finlandês, o piloto foi instruído a ter um ritmo mais lento, para que o companheiro de equipe retornasse atrás de Verstappen e a sua frente. Nos boxes da equipe alemã, não era possível o undercut ser aplicado. Outra tática, foi esperar um Safety Car para limpar o salão, que não veio no momento adequado – apenas depois das primeiras paradas – e assim apenas na volta 26, realizaram o pit-stop de Hamilton. Com isso, as flechas de prata ficaram fora do pódio, pela segunda vez na temporada.

Se o retorno das férias foi gentil com a Ferrari, não podemos dizer o mesmo para a Red Bull, pois Spa e Monza não trouxeram boas corridas para o holandês e Singapura eles esperavam uma prova mais favorável para o time, no entanto o golpe de sorte trouxe o terceiro lugar. Max Verstappen somou 200 pontos e agora está em disputa mais que direta com Leclerc que tem a mesma pontuação e só leva vantagem pelo número de pódios.

Alexander Albon vem marcando presença e firmando cada vez mais a sua permanência no time austríaco, um quinto lugar e dois sextos, mostram que ele está ali ocupando o lugar de direito da equipe, mas pronto para se valer de um resultado melhor, se alguém cometer um deslize a frente.

O grid ainda tem aquelas constantes que não estão favorecendo os times, Carlos Sainz ficou mais uma vez fora da zona de pontuação, depois de duas corridas abandonando, a sorte é que apenas Nico Hulkenberg da Renault, obteve pontos e ainda ficou atrás de Lando Norris. A Haas mais uma vez sem pontos, Magnussen até figurou entre os dez, mas viu o rendimento cair – o motivo era um saco plástico que ficou preso na asa dianteira – e necessitou de um pit-stop extra. A briga de Romain Grosjean com George Russell, também afetou o desempenho da corrida.

Agora na Rússia é esperar para ver, a Ferrari pode surpreender mais uma vez, no entanto o seu pacote aerodinâmico foi todo reformulado, pois o circuito de Sochi, apesar de ter retas não é favorável ao aquecimento dos pneus e não é nada parecido com Singapura.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.