BP Beats 24 | Argentina – Gardel, Fangio e Maradona

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

|De São Paulo/SP para Curitiba/PR voltando para São Paulo/SP:

lll RBS – Ricardo Bunnyman Soares;

lll CEV – Carlos Eduardo Valesi;

lll RBS: Argentina. Porque ela é tão próxima e tão longe de nós?

lll CEV: Dizem que a argentina é um país amigo. Eu discordo. Para mim, a Argentina é um país irmão.

lll CEV: Afinal de contas, amigo a gente escolhe.

lll RBS: Um país de riqueza cultural grande. Um país em parte colonizado pela Terra da Rainha e que num passado recente sofreu com a Gerra das Malvinas. Veremos um pouco disso depois.

lll RBS: Fato é que o sul do nosso país e também a Argentina têm um grande apreço por esportes a motor. Visto que a MotoGP voltou para lá e temos a Formula E também em terras de Gardel.

lll RBS: Na Formula E, a corrida foi realizada no circuito montado em Buenos Aires de 2015 a 2017 com vitórias de Antonio Felix da Costa, Sam Bird e Sebastien Buemi respectivamente.

lll CEV: Os gringos continuam dando muitos giros por lá.

lll RBS: Mas antes desse carros de tecnologia espacial aparecerem, tinha um tal de Juan Manuel Fangio que vale citar. O cara, em uma época diferente é claro, abiscoitou 5 títulos na Formula 1 (1951, 1954, 1955, 1956 e 1957) e no circuito argentino de Buenos Aires ou Autódromo Oscar Alfredo Gálvez, recebeu a bandeirada em primeiro nos anos de 1954, 1955, 1956 e 1957. Esta marca de 4 vitórias por lá nunca foi batida por outro piloto da Formula 1.

lll CEV: Dizem que Fangio era tão bom que podia correr de olhos vendados sem sair do traçado.

lll RBS: E por causa da habilidade de Fangio na Europa, o Presidente Juan Perón fez com que as coisas andassem e fosse criado o Autódromo.

lll RBS: Foram muitos GP’s disputados pela Formula 1 em terras argentinas:

lll RBS: De 1953 a 1958, 1960, 1971 a 1975, 1977 a 1981 e de 1995 a 1998. Com isso podemos dizer que a Argentina esteve presente em todas as décadas da vida da Formula 1 exceto nos anos 60 e passando levemente pelos anos 1980.

lll CEV: Até Emmo aparecer na Fórmula 1, os argentinos eram os grandes nomes sulamericanos no esporte. A gente até tentava copiar, fazia legal, mas não era como no original.

lll RBS: O primeiro GP da Argentina, Fangio abandonou por problemas de cambio mas outro argentino, José Froilán González chegou ao pódio em terceiro com sua Maserati. Uma curiosidade é que Gonzales foi o primeiro piloto da história que levou a Ferrari ao lugar mais alto do pódio, fato ocorrido em Silverstone 1951. A curiosidade fica por conta dos dois caras que chegaram em primeiro e segundo nesse primeiro GP argentino: Alberto Ascari e Luigi Villoresi, ambos da Ferrari.

lll RBS: Não foi em janeiro de 1953 que nasceu um guitarristazinho aí, Valesi? Um que não chega aos pés do Will Sergeant ou Johnny Marr? Yin…, Yang…, Young…, Neil Young…, Paul Young…, Forever Young…, NÃO, PERA… MALCOLM YOUNG!

lll CEV: Você quer comparar um sargentozinho ou um Johnny qualquer ao marechal Malcolm, o dono e senhor da maior banda de rock and roll da história? Como diria Messi, va al infierno!!!

lll RBS: Em 1976 não houve GP devido a mais um golpe de estado na argentina, onde Perón foi destituido. Um verdadeiro caso sério.

lll RBS: Dos brasileiros que venceram por lá, temos Emerson Fittipaldi que venceu duas vezes sem do a primeira em 1973 e a segunda em 1975 e Nelson Piquet em 1981.

lll RBS: E depois de 1981, veio a Gerra das Malvinas citada mais acima.

lll RBS: Talvez você leitor que não tenha idade para lembrar de Cid Moreira e Sergio Chapelin nos informando no telejornal noturno em um dos 7 canais disponíveis (isso se você morasse em uma grande metrópole), sobre o conflito entre Argentina e Inglaterra onde o primeiro lado via as ilhas (geograficamente mais próximas do litoral argentino) como espólio dos colonizadores e a Inglaterra, por sua vez, via que era terra conquistada desde 1690, “um pouco” antes do Valesi nascer.

lll CEV: Hoje você tirou o dia pra pegar no meu pé, né não? Muy amigo…

lll RBS: Com um conflito armado, a Argentina não tinha condições de receber eventos, muito menos de um esporte regido em grande parte por ingleses

lll RBS: Poucos venceram mais de uma vez. Além de Fangio e Fittipaldi, Damon Hill venceu em 1995 e 1996 sendo que nos demais anos, não houveram repetições de vencedores.

lll RBS: Bernie Ecclestone, o manda chuva da Formula 1 por muitos anos, disse na ocasião de negociações para o retorno do GP argentino durante o mandato de Cristina Kirchner: “estaremos abertos às corridas na Argentina quando eu puder lidar com pessoas sérias”.

lll CEV: Foi mais um caso de…

lll RBS: O brasileiro tem características diferentes ao gostar do esporte a motor em relação ao argentino. Mas se nós temos (por enquanto) o GP Brasil, eles tem Formula E e MotoGP. Será que a paixão argentina mais aflorada do que a nossa um dira retirará nosso GP Tupiniquim? Fato é, eles merecem receber as melhores categorias em seu território.

lll BPBeats é uma produção da dupla que não é sertaneja, contudo é a prova que panela velha faz comida boa sim, Carlos Eduardo Valesi que já era residente fixo do BP em conjunto com Ricardo Bunnyman peça única da podosfera tupiniquim que foi recentemente adquirido em um leilão beneficente e por uma força do destino do qual nem os búzios, nem os zodíacos e muito menos os físicos teóricos da Magrathea poderiam prever que o encontro desses dois surgiria uma série tão empolgante e digna das melhores revistas do ramo musical tal qual como Rolling Stones e da saudosa MTV, apreciem sem moderação.

Assinar

BPCast

Ou assine com seu app favorito usando o endereço abaixo

 

BP Beats

Depois de um bate papo no happy hour do BP, entre uma brincadeira e outra surgiu a ideia de uma nova atração no site que é essa que o Amigo Cabeça de Gasolina está pondo os olhos agora: O BP Beats tem como ideia fazer algum tipo de sintonia com o automobilismo e sua provável trilha sonora, sob a batuta de Carlos Eduardo Valesi e Ricardo Bunnyman você irá serpentear pelo universo do automobilismo com rápidas paradas nos mundos colonizados por músicos e suas obras!!!