Boletim do Grid §04 | Primeiras impressões da pré-temporada da Fórmula 1 2018

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Com os motores aquecidos e aguardando ao GP da Austrália dê uma pausa na sua ansiedade e ouça o nosso programa sobre as primeiras impressões sobre a pré-temporada da Fórmula 1 de 2018, apesar de termos gravado sobre a primeira semana, o programa se encaixa perfeitamente a toda a pré-temporada.

Sobre a pré-temporada a nossa colunista Débora fez a cobertura completa com posts diários cobrindo todos os dias dos testes, que você confere na #TAG da cobertura Pré-temporada 2018 da Fórmula 1.

Link do programa Roda com Roda citado: 249: As Novidades dos Carros da F1 para 2018

Link do post do WIll Mesquita citado: PAPAYA BP: Testes de Inverno: Barcelona Semana #1

Este episodio faz parte do quadro Boletim do Grid, noticioso sobre automobilismo dentro do Fim do Grid.

lll Vinheta de abertura

Trabalho autoral (exceto a letra) do guitarrista, e músico, Guty Rodrigues para o podcast Fim do Grid.

Música de fundo
Summer Song: Playonloop.com/Summer-Song

* Standard loop; Regular license.

lll DIVULGAÇÃO

ll Guty Rodrigues
l YouTube: Youtube.com/GutyRodrigues
l Facebook: Facebook.com/GutyRodriguesOfficial

ll Fim do Grid
l Website:
 FimdoGrid.com

l Twitter: FimDoGrid
Instagram: Instagram.com/Podcast_FimdoGrid
l Facebook: Facebook.com/FimDoGrid

ll Participantes
l Débora
DehFlowers

l Casola: EduCasolaFilho
l Rubens: rubensGPnetto

lll Feed do Boletim do Paddock: Feeds.Feedburner.com/DiznoBoletimque

Assinar

BPcast

Ou assine com seu app favorito usando o endereço abaixo

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.