ColunistasFórmula 1

Após rumores, Ricciardo descarta saída da McLaren e reafirma compromisso com o time

Mesmo com os rumores e movimentações nos bastidores da McLaren, Ricciardo confirma que está comprometido com o time e guiará na F1 até o final de 2023

Nesta quarta-feira (13) Daniel Ricciardo confirmou que permanecerá com a McLaren até o final de 2023. Nos últimos dias os rumores sobre a sua saída se intensificaram, principalmente após o teste realizar com Colton Herta em Portugal, assim como o anúncio da contratação de Álex Palou.

O australiano deixou a Renault para guiar pela McLaren em 2021. Ricciardo se deparou com meses difíceis e com desempenhos bem inconstantes. O carro da McLaren não é o equipamento mais fácil do grid, mas a referência direta do australiano são os comparativos realizados com Lando Norris. No GP de Monza de 2021, Ricciardo conseguiu triunfar conquistando uma vitória, mas os resultados negativos estão presentes com mais frequência.

Mesmo após rumores, Ricciardo declara que guiará pela McLaren em 2023 – Foto: reprodução McLaren

Diversas tentativas foram feitas ajudar Ricciardo com o processo para se acostumar ao carro da McLaren. Na última temporada, Carlos Sainz que tinha acabado de deixar o time Papaya tentou dar algumas dicas para Ricciardo, na tentativa de ver o piloto se acertar com o carro.

Com a mudança do regulamento, surgiu novamente uma fagulha de esperança, pois era uma nova oportunidade para todos os pilotos do grid, mas novamente é notável a diferença entre Norris e Ricciardo. Na tabela de pontos o britânico conta com 64 pontos, contra os 17 conquistados pelo australiano.

“Houve muitos rumores sobre o meu futuro na Fórmula 1, mas quero que você escute de mim. Estou comprometido com a McLaren até o final do próximo ano e não vou me afastar do esporte. Reconheço que não tem sido fácil, mas quem quer facilidade? Estou trabalhando duro com a equipe para fazer melhorias e acertar o carro e colocar ele de volta ao lugar que ele pertence. Eu ainda quero isso mais do que nunca. Vejo vocês em Le Castellet”, disse Ricciardo em seu comunicado.

Além dos pilotos que foram contratados ou que já fazem parte da McLaren, Zak Brown também ajudou a alimentar os rumores, quando admitiu abertamente que a contratação de Ricciardo não atendeu às expectativas. O contrato de Ricciardo também fora especulado nas últimas semanas, mas novamente o australiano reafirma que correrá até 2023.

Independente do que está sendo comentado, Ricciardo foi um piloto caro para a McLaren e existia muita expectativa com a sua chegada. O australiano sempre foi um piloto muito desejado por Zak Brown, mas o estilo de Ricciardo e a construção do carro da McLaren não se complementaram.

LEIA MAIS: Colton Herta testa em Portugal com a McLaren

A McLaren conta com nomes muito fortes guiando por ela, o recém adquirido Álex Palou, é o campeão da Indy de 2021. Pato O’Ward e Alexander Rossi estão confirmados para guiar na Indy no próximo ano, enquanto Felix Rosenqvist tem um contrato flexível, mas a McLaren ainda não informou qual será a categoria que ele vai guiar no próximo ano.

Antes do início do GP da Áustria, Norris comentou que está tentando ajudar Ricciardo: “Nos analisamos os dados um do outro, o tempo todo. Fazemos perguntas, nos ajudamos o máximo possível.”

“Ainda existem muitas coisas que ele faz bem e que ainda aprendo com ele. Tenho ele ao meu lado, para a minha pilotagem e afinação [do carro], coisas assim. Mas fico feliz quando ele tem perguntas para me fazer ou se quiser saber como eu me sinto com o carro”, afirmou Norris.

“Mas, ao mesmo tempo, os nossos sentimentos não são os mesmos. E como dirigimos os carros de maneira um pouco diferente também… Não me importo com tanta instabilidade no carro, posso controlar mais na frente. Ele prefere um carro um pouco mais estável e talvez com um pouco menos de frente.”

“Posso compreender alguns pontos, porque sinto que nosso carro é um carro difícil de guiar. Acho que nossas características são bastante específicas e únicas e até Carlos disse isso. Então, alguns dos estilos de direção que você precisa não são aqueces que você aprendeu, portanto você precisa se adaptar um pouco”, afirmou Norris.

A McLaren ainda está compreendendo o carro, os bons resultados da temporada não são um reflexo real da condição do MCL36, mas o time agora busca mais pontos, principalmente após a Alpine empatar com a McLaren no GP da Áustria.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Artigos relacionados

Adblock detectado

O BP É UM PORTAL INDEPENDENTE E OS ANÚNCIOS AJUDAM NA NOSSA MANUTENÇÃO, SE POSSÍVEL DESABILITE O SEU BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS!!!