Americanet Car Racing KTF e Karteiras Promax Bardahl conquistas as poles mais aclamadas do kartismo brasileiro.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Ontem (20/12) foi realizado o treino classificatório que definiu o grid de largada das 500 Milhas de Kart realizado no Kartodromo da Granja Viana em Cotia/SP, a equipe Americanet vencedora das 500 Milhas de 2016 e pole em 2017 mostrou novamente a sua força ao conquistar a pole nesta sexta-feira, a melhor volta ficou por conta do piloto Alberto Cattuci a bordo do kart #319 do qual ele registrou a marca de 1min00s223, não muito distante ficou o simpático bólido #213 dos Hermanos da Spirit Sports com uma excelente marca de 1min00s244.

“Foi uma classificação bem competitiva, tem muitas equipes fortes, mas estamos bem felizes por conquistar a pole. Eu não tinha entrado no Top Qualify nos últimos dois anos, esse ano acabei entrando de novo, encaixei a volta e foi tudo certo. É um passo muito bom para iniciar a corrida, mas temos mais 12 horas. Largando na frente já nos livramos das batidas e das disputas de trás. Vamos para cima amanhã” relatou o feliz Cattucci.

Com 64 karts divididos em dois grupos de 32 kart, o treino classificatório teve seu início separando os 10 melhores de cada grupo, dos quais avançaram para o Top Qualify,

Americanet Car Racing KTF levou o kart #293 ao terceiro lugar com 1min00s309, na quarta posição um kart de respeito, o #91 do fazem parte da equipe Caio Collet, Felipe Massa, Lucas Di Grassi, Marcel Coletta, Rafael Câmara e outros maravilhosos pilotos.

Para abrilhantar o dia Antonela Bassani a bordo kart #003 da Karteiras Promax Bardahl registrou a marca de 1min00s656, levando a pole da categoria light, vale lembrar que a equipe é capitaneada pela Bia Figueiredo uma das vozes mais importantes a favor das mulheres no automobilismo, no esporte e nos negócios, a pole representa muito mais que uma conquista das meninas que integram a equipe, acredito eu, que representa uma nova página no automobilismo brasileiro que busca o nivelamento de condições para homens e mulheres em direitos e deveres nas pistas, fiquei feliz por redigir este parágrafo, afirmo que seja um dos mais importantes já redigido por mim no BP.

O famigerado “Lucky Dog’ foi para equipe Kiss/Votus 2 que foi sorteada e largará da 10 colocação.

Não perca as 500 Milhas, o Boletim do Paddock fará uma cobertura diretamente do Kartódromo da Granja Viana e lembrando que a largada será às 10h da manhã e terá transmissão do Sportv e do GloboEsporte.com.

lll Top Qualify:

1.:. #319 AMERICA NET CAR RACING KTF.: 1min00s223

2.:. #213 SPIRIT SPORTS.: 1min00s244

3.:. #293 AMERICA NET CAR RACING KTF.: 1min00s309

4.:. #091 MATRIX RACING.: 1min00s356

5.:. #002 SHELL FITTIPALDI.: 1min00s434

6.:. #111 CPKA/MASSONI/METEORO.: 1min00s464

7.:. #020 PRAGA – BR GOFREDO.: 1min00s493

8.:. #033 PIQUET SPORTS.: 1min00s502

9.:. #121 AMCOM RACING.: 1min00s514

10.:. #925 KISS/VOTUS – Lucky Dog

11.:. #019 MATRIX RACING.: 1min00s572

12.:. #023 LEGNO/TR3.: 1min00s627

13.:. #003 KARTEIRAS PROMAX BARDAHL.: 1min00s656

14.:. #001 SHELL FITTIPALDI.: 1min00s718

15.:. #220 THUNDER/PIQUET SPORTS.: 1min00s723

16.:. #113 SPIRIT SPORTS.: 1min00s767

17.:. #222 THUNDER/PIQUET SPORTS.: 1min00s895

18.:. #144 BEXS.: 1min01s100

19.:. #980 MV RACING.: 1min01s147

20.:. #301 AMERICA NET CAR RACING KTF.: 1min01s419

21.:. #120 AMCOM RACING.: sem tempo

*Resultado sujeito à vistoria dos comissários

Foto de capa: Alberto Cattucci com o kart 319 nas 500 Milhas de Kart (Carsten Horst/RF1)

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.