Abreu vai construindo a sua vitória, Serra chega em segundo e Fraga tem problemas mais uma vez • BP • Boletim do Paddock

Abreu vai construindo a sua vitória, Serra chega em segundo e Fraga tem problemas mais uma vez

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Átila Abreu foi construindo a sua vitória para a segunda corrida da Stock Car em Londrina. Saiu da quinta posição e foi realizando as ultrapassagens, utilizando os seus botões de push para aumentar a potência. Mas foi nos boxes que a liderança da corrida se tornou algo decisivo, pois mais uma vez no final de semana, Fraga encontrava dificuldade na sua parada nos boxes.

Com o carro mais redondo que o de Fraga, Serra conseguiu a ultrapassagem nos minutos finais da prova, se valendo do push, já que o adversário não tinha mais nenhum para se defender ou atacar. Desta forma, o piloto da Cimed Chevrolet Racing ainda teve problemas para se manter à frente, pois Ricardo Maurício havia se aproximado com a disputa entre Serra e o seu adversário direto na disputa pelo campeonato.

Maurício também usou o botão de ultrapassagem, juntos os dois foram para fora da pista, sujaram os pneus mas o piloto da Full Time Sports estava com mais da metade do carro a frente e se impôs na última volta para chegar ao pódio.

Desta forma Serra amplia ainda mais a sua vantagem para 270 pontos, contra os 236 de Fraga e os 194 de Barrichello.

lll Saiba como foi a segunda prova da Stock Car

Os pilotos que receberam o fan push foram, Ricardo Maurício, Campos, Bia Figueiredo, Zonta, Suzuki e Barrichello.

Entrega do Fan Push – Foto: Fernanda Feixosa

Para a largada da segunda prova com o grid invertido, as posições eram: Fraga, Nunes, Gomes, Camilo, Abreu, Wilson, Serra, Zonta, Campos e Barrichello.

Fraga conseguia manter a dianteira e Gomes passava a segunda posição, para Nunes se tornar o terceiro. Zonta espalhava na pista e perdia posições.

Com 36 minutos de regressiva, Nunes passava a ser o quinto colocado perdendo mais duas posições. Utilizando o botão de ultrapassagem, o piloto da Full Time Bassani tentava atacar Abreu para retomar a posição.

Na quarta volta, Pizzonia disputava posição com Guga Lima e Cesar Ramos.

Com 32 minutos de prova restantes, Abreu ultrapassava Camilo após utilizar o botão de ultrapassagem e passava a ser o terceiro colocado.

Na sexta volta, as posições eram: Fraga, Gomes, Abreu, Camilo, Serra, Nunes, Camilo, Barrichello, Wilson e Lima. Cesar Ramos com problema no carro da Blau Motorsport e abandonava a prova.

Com a briga entre Abreu e Gomes, Fraga se aproveitava para tomar distância deles.

Abreu pressionou o piloto da Cimed Chevrolet Racing Team e conseguiu a segunda posição, Camilo havia aproveitado para tomar a posição de Gomes e assim passava a ser o terceiro colocado.

Marcos Gomes abandonava a disputa na décima primeira volta por conta da suspensão que havia quebrado.

Na décima quinta volta, Serra já era o quarto colocado com Barrichello em quinto.

O box era aberto com 20 minutos restantes de sessão e aos poucos os pilotos se dirigiam para as suas trocas. Felipe Fraga era o primeiro a ir para os boxes, ele e Serra reabasteciam e trocavam os pneus.

Na volta seguinte era vez de Abreu seguir aos boxes e Wilson se tornava o líder da prova.

Com o tempo perdido nos boxes, Fraga retornava atrás se Abreu e passava a ser o segundo colocado, com Daniel Serra em terceiro.

A corrida era emocionante, com Camilo disputando espaço na pista com Valdeno Brito e Gabriel Casagrande.

O boxes fora fechado restando pouco mais de 12 minutos para o término da sessão e Vitor Genz fora o último a parar.

Guerrieri que não teve muita sorte na primeira prova, conseguia ultrapassar Tiago Camilo e passava a ser o quinto colocado.

Se aproximando do término da prova, Serra se aproximava de Fraga ficando a menos de um segundo atrás do adversário. O carro do piloto da Eurofarma RC estava mais redondo.

Com Fraga sem botões de ultrapassagem, ele acabava perdendo a oportunidade de atacar Abreu, já Serra ainda podia atacar o piloto da Cimed Chevrolet Racing.

Na trajetória da curva número 1, Serra conseguia ultrapassar e passava a ser o segundo colocado. Fraga tentava dar o troco, mas Serra passava a abrir vantagem.

Maurício ainda era uma ameaça para Fraga pois da quarta posição havia se aproximado por conta da disputa travada entre Serra e Fraga.

Maurício e Fraga escapavam da pista e pela grama o piloto da Full Time Sports conseguia realizar a ultrapassagem deixando Fraga para trás. O pódio era composto por Abreu, Serra e Maurício.

Foto de Capa: Fernanda Feixosa

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.