Rubens Barrichello faz a sua segunda pole no ano e pode voltar na briga pelo campeonato

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Rubens Barrichello conseguiu tirar a pole que era de Max Wilson ao registrar 1:10:662, no Autódromo Internacional Ayrton Senna em Londrina. Fazia muito calor na pista e no cockpit chegava aos 40°C.

O piloto da Full Time Sports quis comemorar o momento conquistado hoje e pensar na corrida de amanhã um pouco depois. Barrichello conseguiu repetir a pole, como havia acontecido em Curitiba, no entanto esperava uma largada melhor em Londrina, já que acabou perdendo a liderança pouco depois da volta de aquecimento dos pneus.

Ainda no grupo dos seis melhores, tínhamos Marcos Gomes ocupando o terceiro lugar, seguido por Felipe Fraga, Julio Campos e Daniel Serra. O atual líder do campeonato que defende a Eurofarma RC acabou cometendo um erro na sua volta, por conta dos pneus que já estavam bem desgastados.

Os pilotos da Blau Motorsport, Allam Khodair e Julio Campos, vão correr as duas provas em Londrina sem os botões de ultrapassagem, a punição veio por conta do acionamento do push na corrida do Velopark na relargada depois da saída do Safety Car. É a segunda corrida que os pilotos sofrem com esse tipo de punição, a primeira aconteceu em Interlagos e teve que ser cumprida em Curitiba.

“Foi uma das provas mais difíceis da minha carreira e, com certeza, Londrina não será diferente. Então temos que pensar na classificação e tentar fazer o máximo possível na prova. Se não tivermos tantas intervenções do carro de segurança em Londrina, como tivemos no Velopark, certamente conseguiremos segurar mais posições. Nosso carro é rápido, muito competitivo e certamente brigaremos pela pole mais uma vez”, disse Allam Khodair em entrevista retirada do site da Stock Car.

lll Q1

O primeiro a deixar os boxes foi Denis Navarro, seguido por Sergio Jimenez e Guga Lima. Aos poucos os pilotos da fila ímpar do campeonato seguiam para a pista.

Sergio Jimenez liderava com 1:14:447, mas pouco tempo depois Rafael Suzuki com o carro da Bardahl Hot Car registrava 1:12:408.

Os pilotos começavam a melhorar as suas voltas e no giro seguinte Suzuki tinha 1:11:479.

Não demorou para os pilotos chegarem na casa de 1:10 e Daniel Serra passou a liderar a sessão com 1:10:550, seguido por Marcos Gomes 1:10:587 e Felipe Fraga com 1:10:726. Os 5 primeiros pilotos já recolhiam os carros, os outros pilotos lutavam para mais uma volta na tentativa de avançar para o Q2.

No Q1 fase A, os dez primeiros eram Daniel Serra, Marcos Gomes, Felipe Fraga, Lucas di Grassi, Rafael Suzuki, Átila Abreu, Ricardo Zonta, Ricardo Mauricio, Nelson Piquet e Sergio Jimenez.

Guilherme Salas foi primeiro a sair dos boxes do segundo grupo, seguido por Felipe Lapenna e Galid Osman e novamente outros pilotos ganharam a pista.

Valdeno Brito foi o primeiro do grupo B a colocar o seu carro entre os pilotos do primeiro grupo e ocupava a décima quarta posição com 1:11:259.

Max Wilson era o que tinha o melhor resultado, ocupando a quinta posição com 1:10:832, seguido por Vitor Genz com 1:10:841.

Júlio Campos ocupava a nona posição com Pizzonia em décimo, mas pouco depois Rubens Barrichello subiu para a sexta posição empurrava os dois um lugar para baixo.

Antonio Pizzonia conseguiu superar Max Wilson e se tornar o mais rápido do seu grupo.

Ao final da sessão os pilotos que passavam para o Q2 eram: Daniel Serra, Marcos Gomes, Felipe Fraga, Lucas Di Grassi, Antonio Pizzonia, Max Wilson, Rubens Barrichello, Vitor Genz, Thiago Camilo, Rafael Suzuki, Átila Abreu, Julio Campos, Ricardo Zonta, Ricardo Mauricio, Cacá Bueno.

Eliminados no Q1
16. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – 1:10.983
17. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – 1:11.030
18. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – 1:11.058
19. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – 1:11.091
20. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – 1:11.094
21. 55 Sérgio Jimenez (Squadra G Force) – 1:11.133
22. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – 1:11.148
23. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – 1:11.164
24. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – 1:11.204
25. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – 1:11.217
26. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 1:11.243
27. 12 Lucas Foresti (Cimed Racing Team) – 1:11.245
28. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – 1:11.329
29. 117 Guilherme Salas (Bradahl Hot Car) – 1:11.413
30. 25 Tuka Rocha (Vogel Motorsport) – 1:11.507
31. 9 Guga Lima (Squadra G Force) – 1:11.830

lll Q2

Os boxes foram liberados, mas os pilotos levaram mais de dois minutos para seguirem para a pista. Antonio Pizzonia foi o primeiro a registrar tempo e tinha 1:10:985, no entanto Rafael Suzuki conseguia superar o piloto da Prati-Donaduzzi, seguido por Ricardo Zonta.

Aos poucos a pista foi evoluindo e Marcos Gomes conseguia assumir a liderança da sessão com 1:10:449 e Rubens Barrichello ocupava a segunda posição com 1:10:589, com Daniel Serra em terceiro.

Vitor Genz da EisenBahn Racing Team acabava rodando sozinho na pista e estragando os seus pneus e com isso era superado na tabela pelos outros pilotos que ainda estavam na pista.

Rafael Suzuki, que vinha tendo um bom desempenho na pista, perdeu o controle do carro depois da bandeira quadriculada ser acionada na sessão e ficava parado na barreira de pneus. O piloto da Bardahl Hot Car ocupava a décima quarta posição.

Para o Q3 os pilotos que conseguiam avançar eram, Marcos Gomes, Rubens Barrichello, Daniel Serra, Max Wilson, Júlio Campos e Felipe Fraga.

l Eliminados no Q2
7. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – 1:10.701
8. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – 1:10.729
9. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – 1:10.792
10. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – 1:10.813
11. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 1:10.843
12. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – 1:10.900
13. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1:10.930
14. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – 1:10.951
15. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:10.986

lll Q3

Felipe Fraga foi o primeiro a deixar os boxes, por ser o sexto colocado no Q2 e tinha 1:11:032. Júlio Campos que vinha superando os setores de Felipe Fraga na sua volta, acabou perdendo tempo no terceiro setor e marcou 1:11:053.

Max Wilson foi o terceiro piloto a fazer a sua volta, melhorando no segundo e no terceiro setor e por isso passou a liderar a sessão com 1:10:675. Daniel Serra companheiro de Wilson deixou os boxes logo em seguida e acabou cometendo um erro na sua volta, na curva 7, ficou com 1:11:580, mantendo-se na quarta posição.

Rubens Barrichello seguiu com o carro da Full Time Sports e conseguiu pular para a pole com 1:10:662. Marcos Gomes, andou muito rápido, no entanto cometeu alguns erros na sua volta e ficou com a terceira posição com 1:10:831.

lll Grid de Largada*:
Q3
1. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1:10.662
2. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 1:10.675
3. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing Team) – 1:10.831
4. 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1:11.032
5. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:11.063
6. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – 1:11.580
Q2
7. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – 1:10.701
8. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – 1:10.729
9. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – 1:10.792
10. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – 1:10.813
11. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 1:10.843
12. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – 1:10.900
13. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1:10.930
14. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – 1:10.951
15. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – 1:10.986
Q1
16. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – 1:10.983
17. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – 1:11.030
18. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – 1:11.058
19. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – 1:11.091
20. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – 1:11.094
21. 55 Sérgio Jimenez (Squadra G Force) – 1:11.133
22. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – 1:11.148
23. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – 1:11.164
24. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – 1:11.204
25. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – 1:11.217
26. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – 1:11.243
27. 12 Lucas Foresti (Cimed Racing Team) – 1:11.245
28. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – 1:11.329
29. 117 Guilherme Salas (Bradahl Hot Car) – 1:11.413
30. 25 Tuka Rocha (Vogel Motorsport) – 1:11.507
31. 9 Guga Lima (Squadra G Force) – 1:11.830
*RESULTADOS SUJEITOS A VERIFICAÇÕES TÉCNICAS E DESPORTIVAS

lll PROGRAMAÇÃO
Domingo, 6 de maio
10h15 – 10h30: Warm up – STOCK CAR
11h00 – 12h00: VISITAÇÃO DE BOXES
12h35: Corrida 2 – STOCK LIGHT
14h00: Corrida 1 – STOCK CAR
15h05: Corrida 2 – STOCK CAR

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

%d blogueiros gostam disto: