Renault celebra permissão para mulheres dirigirem na Arábia Saudita em Paul Ricard

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Atualmente é até estranho ver que algumas ”proibições” existem ou existiam. Neste domingo (24) as mulheres na Arábia Saudita ganharam o direito de dirigir, já que o governo local antes proibia que elas exercessem essa prática. A medida que foi anunciada em setembro pelo príncipe herdeiro Mohammad bin Salman e faz parte de um plano de modernização e põe fim a uma proibição que se tornou uma forma de inferiorização da mulher.

Em comemoração à essa conquista a Renault convidou uma mulher saudita para dar algumas voltas no circuito de Paul Ricard, mas essa não foi a sua primeira vez em um Fórmula 1, no dia 5 de junho ela foi apresentada ao carro para conhecer as suas funções e poder fazer parte desse grande dia.

O carro que ela utilizou foi o de Kimi Raikkonen da temporada de 2012, que levou o piloto a vencer a corrida em Abu Dhabi.

O nome dela é Aseel Al-Hamad e ela é importante no esporte automobilístico, pois é uma representante da Associação de Mulheres Pilotas dentro da Federação de Esporte a Motor da Arábia Saudita.

Aseel representa o seu país na FIA Women in Motorsport Commission e dessa forma ela fica encarregada de implementar estratégias e políticas para promover a formação de mulheres no automobilismo na Arábia Saudita e mostrando que o lugar da mulher também é no esporte.

A Renault e também a Fórmula 1 se sentiram orgulhosos de permitir que Aseel pudesse demostrar a sua paixão pelo automobilismo no mesmo dia em que essas mulheres conquistaram o direito de guiar nas estradas da Arábia Saudita.

Assel disse: “Eu adoro corridas e automobilismo desde muito jovem e pilotar um carro de Fórmula 1 vai além dos meus sonhos e do que eu pensava ser possível. É uma verdadeira honra dirigir o carro Renault Sport Formula Team E20 em frente às multidões em seu Grande Prêmio em casa, na França. Espero que fazê-lo no dia em que as mulheres possam dirigir nas estradas do Reino da Arábia Saudita mostre o que você pode fazer se tiver paixão e espírito para sonhar”.

Michèle Mouton, Presidente da Comissão Mundial de Esporte a Motor fala: “A Comissão Mundial de Esporte a Motor da FIA se dedica a promover oportunidades em todas as formas de atividades de automobilismo, mas também a promover a igualdade entre homens e mulheres na indústria automobilística em geral. Para tanto, trabalhamos em estreita colaboração com todas as federações esportivas nacionais para melhorar o acesso ao nosso esporte. No tempo em que Aseel foi membro da Comissão, a visão da Arábia Saudita tem sido muito clara e as coisas se desenvolveram rapidamente. Agora como uma das forças motrizes por trás da Federação de Motorsport da Arábia Saudita, a Aseel abrirá caminho para que as mulheres adotem esportes e carreiras no esporte a motor. Obrigado à Renault por reunir uma oportunidade tão inovadora que mostre muitos dos nossos princípios.” Entrevista com tradução livre do site da Renault.

Girl Power

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

%d blogueiros gostam disto: