RB5: O primeiro acerto para os anos gloriosos da RBR – Dia 264 dos 365 dias mais importantes da história do automobilismo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

No dia 9 de fevereiro de 2009 ocorria o primeiro teste do RB5, que seria o carro para a temporada da Red Bull Racing de Sebastian Vettel e Mark Weber.

Este slideshow necessita de JavaScript.

lll O teste

O “teste oficial” (vamos chamar assim), aconteceu no Circuito de Jerez – Espanha, e os resultados não foram lá essa beleza toda. Logo no primeiro dia, o carro sofreu com superaquecimento do óleo da transmissão, mas depois de resolvido o problema, o carro já era o mais rápido do dia, ganhando das famosas Williams, McLaren e Renault.

Este slideshow necessita de JavaScript.

llAs alterações

O regulamento de 2009 pedia asas traseiras mais altas e mais estreitas, ao contrário das asas dianteiras, mais baixas e largas do que o carro anterior. Estas mudanças tinham como foco facilitar as ultrapassagens, uma vez que com uma asa mais baixa e mais larga, a recepção do ar sujo do carro da frente diminui significativamente.

O pneus slick também estavam de volta (aparentemente a F1 não consegue decidir se quer pneus slick ou esses enormes), 11 anos após sua saída.

A RBR colocou uma possibilidade de um novo sistema KERS (aquele que conserva a energia de frenagem e transforma ela em cavalos de potência para o motor), que seria acionado nos momentos certos por um botão no volante do carro. PORÉM, em janeiro de 2009 esse dispositivo foi descartado, e eles acabaram usando o dispositivo da Renault mesmo.

llOs resultados do Monstro

O RB5 trouxe ao time de Milton Keynes entregou a primeira dobradinha da equipe no podium no GP da China de 2009 (e também Pole Position e volta mais rapida).

O monstrinho ainda venceu 6 de 17 corridas, entregando ao time o segundo lugar nos construtores, perdendo para a Brawn GP, e rendeu ao Vettel o segundo lugar no mundial de pilotos, perdendo para o Deus Button.

O pai do RB5 é o maravilhoso Adrian Newey, que tem essa “relíquia” em sua casa, um presente da diretoria da equipe, em agradecimento por tornar a equipe uma “equipe que concorre ao título”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Erika Prado

25 anos, estudante e totalmente apaixonada por engenharia mecânica. um coração de exatas num corpo de humanas. #F1 #TeamNR6 #Dogs #VemDiploma

%d blogueiros gostam disto: