Números e Estatísticas do GP da China de Fórmula 1 de 2017: Vettel e Hamilton estão empatados!!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Hamilton foi perfeito e ganha na China, garantindo a vitória a se manter na liderança de início ao fim. Vettel e Verstappen completaram o pódio. Holandês veio de 16º para 3º. Hamilton e Vettel lideram mundial empatados. Veja ainda as estatísticas do GP e do Mundial.

Lewis Hamilton saiu da pole e numa tarde perfeita liderou do início ao fim para consagrar-se pela 5ª vez na sua carreira o vencedor do GP da China de Fórmula 1. Uma vitória importante para a Mercedes depois de perder para a Ferrari na corrida de estreia em Melbourne.

Fonte: @F1RTP

Para entender a perfeição do fim de semana de Lewis, essa foi apenas a 3ª vez na sua carreira que ele fez um Grand Slam, ou seja ao final da corrida ele levou o troféu de primeiro lugar junto com a pole e volta mais rápida, e um “plus a mais” a liderança de início ao fim.

Fonte: @Tumblr

Vettel passou um mau bocado no início da corrida, fazendo um pitstop no momento em que ocorreu o Pitstop Virtual da obliteração sofrida pelo Lance Stroll. A opção da Ferrari talvez tivesse resultado, mas o alemão não conseguiu tirar o melhor proveito dos novos pneus macios, pois logo a seguir, Antonio Giovinazzi rodou e bateu forte e obrigou à entrada do Safety Car Raiz.

Fonte: @Tumblr

Vettel ficou preso na 6ª posição atrás dos principais adversários e carregou depois o mesmo problema de tráfego que custou a vitória a Hamilton em Melbourne. Foi passando pelo caminho os adversários, Raikkonen e mais tarde Ricciardo, em duelos difíceis, mas bem-sucedidos. O 2º lugar final foi o possível para Vettel, o que lhe permite manter agora o empate de Hamilton, a liderança do campeonato.

O último lugar no pódio foi discutido até à última curva pelos dois pilotos da Red Bull. Acabou nas mãos de Max Verstappen. O jovem holandês largou de 16º lugar, do fundo da grid, para fazer uma 1ª volta arrasadora que o colocou logo na 7ª posição. No braço foi buscar depois na corrida as posições necessárias para garantir o seu 8º pódio de carreira, incluindo o seu colega de equipa Daniel Ricciardo com quem disputou a posição até ao final.

Fonte: @Tumblr

Ricciardo surpreendeu Raikkonen na largada assumindo o 4º lugar. Mas não teve sorte para se defender nem de Verstappen nem de Vettel e a sua posição final acabou por beneficiar dos problemas que ao longo do GP o finlandês da Ferrari viveu com a falta de torque do motor Ferrari.

Fonte: @Tumblr

O início da corrida, foi marcado pelos acidentes de dois novatos na F1 de 2017. Primeiro foi Lance Stroll da Williams obliterado por Checo Perez que foi jogado e ficou preso na brita, provocando a situação de Safety Car Virtual durante o qual os pilotos tiveram de manter posições e velocidades. Quando a corrida foi relançada, o italiano Antonio Giovinazzi destruiu e no mesmo local da reta de largada, o segundo Sauber em 24 horas. Perdeu domínio do C34, foi de encontro ao muro das boxes e ali acabou prematuramente o seu segundo GP.

Fonte: @Tumblr

Este período minou também a corrida de Valtteri Bottas. O novo piloto da Mercedes cometeu um erro ao rodar sozinho, que o fez perder muitas posições. A perda de temperatura nos pneus pode não só ter provocado o incidente como prejudicou também a recuperação do finlandês assim que na volta 7 houve a relargada.

Fonte: @Tumblr

Com as conquistas de posições e duelos entre Vettel, Verstappen e Ricciardo, na frente Hamilton encaixou tranquilamente uma vantagem de 8 segundos que geriu como quis até final.

Fonte: @Tumblr

Atrás das 3 equipes principais do campeonato, outros destaques da corrida de Shanghai foi Carlos Sainz, que de início arriscou (contra opinião da equipe), a sair para uma pista molhada com pneus slick, com maus resultados ao rodar na 2ª volta, mas acabou por ser consistente ao longo da restante corrida arrancando um excelente 7º lugar.

Kevin Magnussen que no 2º GP pela Haas marcou os seus primeiros pontos e terminando na frente dos Force India de Sergio Perez e Esteban Ocon.

A consistência da Force India parece ter vindo para ficar. É o segundo GP do ano em que ambos terminam nos pontos. Pelo caminho, além dos abandonos por acidente de Stroll e Giovinazzi, também não chegaram ao final o Toro Rosso de Daniil Kvyat (problema hidráulico), e os dois McLaren de Stoffel Vandoorne (bomba de combustível) e Fernando Alonso (eixo de transmissão).

| CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA CHINA

Fonte: @F1

No mundial agora, Vettel e Hamilton lideram o mundial empatados com 43 pontos. Atrás Verstappen 25, Bottas 23, Raikkonen 22, Ricciardo 12, Sainz 10, Massa e Perez 8, Magnussen 4;

Fonte: @F1

Nos construtores, Mercedes na frente com 66 pontos, Ferrari 65, Red Bull 37, Toro Rosso 12, Force India 10, Williams 8 e Haas 4;

Fonte: @F1

Na próxima semana tem lugar já a 3ª ronda do campeonato, em Sakhir, Bahrain.

Fonte: @F1naGlobo

| ESTATÍSTICAS GP DA CHINA

| VITÓRIA

Fonte: @Tumblr

* Lewis Hamilton – 54ª vitória da carreira, é o 2º piloto com mais triunfos na história da F1. À frente só Michael Schumacher com 91;

* 1ª vitória da temporada para Hamilton (em 2016 venceu 10);

* Foi a 5ª vitória de Hamilton em Shanghai. Venceu 5 dos 14 GPs disputados na China. Vitórias também em 2015, 2014, 2001 e 2008;

* Foi a 258ª vitória da Grã-Bretanha na F1;

* Foi a 33ª vitória do #44 na F1, a 32ª pelo volante de Hamilton;

* Mercedes: 65ª vitória na F1, é a 5ª escuderia com mais vitórias na F1;

* Mercedes: 1ª vitória da época (em 2016, bateu recorde absoluto na F1 com 19 vitórias na temporada) VITORIAS 2017 – Vettel 1 Hamilton 1; Ferrari 1 Mercedes 1.

| POLES

Fonte: @Tumblr

* Lewis Hamilton – 63ª pole, a 2 de Ayrton Senna e 5 de Schumacher.

* Lewis Hamilton – 6ª pole no GP da China

* Lewis Hamilton – a par de Ayrton Senna, os únicos pilotos que por 2 vezes obtiveram 6 ou mais poles consecutivas.

* Lewis esteve na 1ª fila por 105 vezes (17 em 2015, 15 em 2016), sendo a 2ª maior marca de sempre. Mais, só Schumacher 116

* Mercedes – 74ª pole position, a 5ª escuderia com mais poles de sempre.

* Mercedes – 17ª pole consecutiva (desde o GP do Canadá de 2016). Iguala a 3ª melhor marca de sempre (McLaren do GP Alemanha de 1988 ao GP da Alemanha de 1989). Melhor só a sequência de 2014/2015 da própria Mercedes com 23 e da Williams em 1992-1993 com 24.

* Mercedes – 47 primeiras filas completas em grelha, de 59 possíveis.

* Mercedes – 29ª primeira fila consecutiva em qualificação. É a 3ª melhor marca de sempre, a para da Williams (Austrália 1995 – Inglaterra 1997).

Melhor só a McLaren com 33 (Alemanha 1988 – Alemanha 1990) e a Williams com o recorde absoluto de 36 (África do Sul 1992 – San Marino 1994).

* Motores Mercedes: 157ª pole da história. Mais na frente só Ferrari 209 e Renault 213.

* Foi a 248ª pole da Grã-Bretanha na F1.

* Volta da Pole de Sábado, de Lewis Hamilton em 1:31.678 na Q3, quebrou o recorde da pista de 1.32.181s com Schumacher e que vinha já de 2004.

* Hamilton marca poles há 11 anos consecutivos (desde 2007). Passa os 10 anos consecutivos em que Ayrton Senna marcou poles. Agora na frente só Michael Schumacher que marcou poles em 13 anos consecutivos. De 1994 a 2006.

POLES DE 2017 – Hamilton 2; Mercedes 2

1ª FILAS DE 2017 – Hamilton 2, Vettel 2; Mercedes 2, Ferrari 2.

| VOLTAS MAIS RÁPIDAS

Fonte: @Tumblr

* Lewis Hamilton – 32ª Volta Mais Rápida, primeira desde Bélgica 2016. É a 4ª volta mais rápida de corrida que faz em Shanghai.

* Mercedes: 48ª volta mais rápida de corrida da história.

* Motores Mercedes: 142ª Volta rápida de Corrida.

VOLTAS MAIS RÁPIDAS 2017: Raikkonen 1 Hamilton 1; Ferrari 1 Mercedes 1

10 voltas mais Rápidas do GP da China

Lewis HAMILTON – Mercedes – 1’35”378

Sebastian VETTEL- Ferrari – 1’35”423

Valtteri BOTTAS – Mercedes – 1’35”849

Kimi RAIKKONEN – Ferrari – 1’36”003

Felipe MASSA – Williams – 1’36”511

Sergio PEREZ – Force India – 1’36”531

Max VERSTAPPEN – Red Bull – 1’36”722

Daniel RICCIARDO – Red Bull – 1’36”791

Esteban OCON – Force India – 1’37”036

Carlos SAINZ – Toro Rosso – 1’37”398

Fonte: @F1

| PÓDIOS

Fonte: @Tumblr

* Lewis Hamilton – 106º pódio de carreira (o 3º piloto do mundo com mais de 100 pódios). Iguala o # de pódios de Alain Prost. Agora à frente apenas Michael Schumacher 155). Foi P1 pela 54ª vez

* Sebastian Vettel – 88 pódios da carreira. Foi P2 pela 21ªvez.

* Max Verstappen – 8º pódio de carreira (= Jochen Mass, Jean Pierra Beltoise, Peter Revson, Lorenzo N. Bandini e Luigi Villores). Foi P3 pela 3ª vez (= Peter Collins, Stirling Moss, Gunnar Nilsson, Jean Pierre Jarier, Andrea De Cesaris, Mark Blundell, Jonnhy Herbert e Alexander Wurz)

* Mercedes – 131º pódio da história (é a 6ª escuderia com mais pódios de sempre no ranking. Está a 5 pódios da Red Bull) * Ferrari – 709º pódio da história. * Red Bull – 136º pódio da história.

* Alemanha faz o seu 382º pódio.

* Grã-Bretanha faz o 637º pódio de sempre.

* Holanda fez o seu 10º pódio (8º de Max, os restantes 2 do pai Jos Verstappen)

PÓDIOS DE 2017: Vettel 2, Hamilton 2, Bottas 1 Verstappen 1; Mercedes 3, Ferrari 2, Red Bull 1

* Hamilton iguala o número de pódios de Alain Prost, 106 pódios.

Fonte: @F1
Fonte: @F1

| PIT STOPS

Fonte: @Tumblr

* GP da China – 82 Pitstop

* MELHORES PIT STOPS em Shanghai

* Vitórias em PIT STOPS 2017: Massa (Williams) 2

* Melhores tempos em PitStop no GP da China:

Fonte: @F1

* TOTAL DE PITSTOPS DE 2017 = 102

Pit Stops -> AUS 20 CHI 82

| VOLTAS NO COMANDO

Fonte: @Tumblr

* Lewis Hamilton, que a par de Schumacher, são os únicos pilotos a liderar mais de 3000 voltas na história, hoje acrescentou mais 56 voltas ao ranking. Liderou de princípio a final. * Lewis Hamilton comandou um GP pela 101ª vez. Ele e Schumacher são os únicos pilotos da história a suplantar a marca dos 100 GPs liderados. Lewis 101 em 190 GPs e Schumacher 142 em 306.

VOLTAS LIDERADAS EM 2017: Hamilton 72, Vettel 38, Bottas 2, Raikkonen 1; Mercedes 74, Ferrari 39.

| ABANDONOS

Fonte: @Tumblr

* Tivemos 5 abandonos no GP, 2 por despiste/acidente, os restantes 3 por motivos mecânicos (Vandoorne, Alonso, Kvyat)

* ABANDONOS TOTAL 2017: 12 abandonos (2 por acidente/despiste; 10 por motivos mecânicos). Em 2016 tinham existido 85 abandonos, 30 por acidente/despiste; 55 por motivos mecânicos)

| FATOS ESTATÍSTICOS

Fonte: @Tumblr

* Foi a 5ª vitória de Lewis Hamilton em 11 GPs que fez em Shanghai. Ganhou 5 das últimas 6 corridas incluindo 4 consecutivas

* Hamilton tornou-se no 2º piloto da história (além de Michael Schumacher) a vencer 5 vezes em 3 ou mais pistas. Hamilton já tinha vencido 5 vezes em Montreal e no Hungaroring.

* Com pole, vitória, volta mais rápida e liderança de princípio ao fim, esta foi a 3ª vez que Lewis Hamilton marcou um Grand Chelem ou Grand Slam. Ele iguala os 3 Grand Slams de Nelson Piquet na carreira.

* Primeira vez que temos 2 pilotos empatados no comando do mundial desde 2012 quando Vettel e Alonso tinham empatados 61 pontos após o GP de Espanha.

* Max Verstappen saiu de 16º na grelha e acabou em 3º, no pódio. Só 6 pilotos foram ao pódio tendo partido atrás de 10º na grelha. Um deles fê-lo em Shanghai. Mark Webber em 2011

* Red Bull fez o 100º GP na F1

* Carlos Sainz tem agora 2 GPs nos Pontos, mas 4 nos últimos 6, considerando sequência vinda de 2016.

* Kevin Magnussen marcou os seus primeiros pontos para a Haas e é o melhor resultado desde Rússia 2016.

* Sergio Perez em 9º e Esteban Ocon em 10º chegam pela 2ª corrida este ano pontos duplos da Force India. É a única escuderia além de Mercedes e Ferrari com ambos os pilotos a pontuar nos 2 GPs.

* Perez leva 12 GPs consecutivos nos pontos,

* McLaren está sem vencer há 80 GPs (desde GP do Brasil de 2012 com Button). É o seu maior registo sem vitórias. O anterior datava das temporadas de 1993 a 1997.

* 60 GPs consecutivos sem a McLaren no pódio

* 80º GP sem a McLaren na pole position, a maior ausência desde 1994-1997

* A Williams não vence desde o GP de Espanha de 2012 (Maldonado), há 96 GPs.

* Sequência Ativa….Vettel, Hamilton, Rosberg, Ricciardo e Verstappen venceram 75 GPs. Bate um recorde de 5 pilotos vencedores a vencer 60 GPs (Vettel, Hamilton, Rosberg, Alonso e Ricciardo, entre os GPs do Mónaco 2013 e Rússia 2016. O outro registo para 5 pilotos vencedores é de 54 GPs, com Piquet, Senna, Prost, Mansell e Berger entre GP do Brasil 1986 e EUA 1989.

Fonte: Hamilton perfeito ganha na China 5ª vitória de Hamilton na China. Por Jorge Alexandre Lopes, em 09 de abril de 2017 às 10:23 e atualizado em 09 de abril de 2017 às 16:38.

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.

%d blogueiros gostam disto: