Números e Estatísticas do GP da Bahrain de Fórmula 1 de 2017: Vettel ganha na Bahrain

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Fonte: @RTPF1

Hamilton e Bottas terminaram no pódio também. Mais um duelo decidido por pouco, Ferrari volta a ssumir liderança dos mundiais.

Fonte: @RTPF1

Sebastian Vettel conquistou sua segunda vitória da temporada ao triunfar no GP do Bahrain. Uma vitória construída a partir da largada quando conseguiu beneficiar da largada no lado limpo da pista e deixar na primeira curva, Lewis Hamilton para trás.

Fonte: @RTPF1

Vettel confirmou depois aquela que é a ideia que a Ferrari consegue tirar melhor rendimento dos pneus e assim flexibilizar mais a sua tática de corrida. O alemão da Ferrari terminou com pouco mais de 6 segundos de vantagem sobre Hamilton, mas o inglês fez uma recuperação notável nas últimas voltas depois de “calçar” os novos pneus.

Porém a diferença real dos dois pilotos não foi assim tão grande. É que por culpa própria, Hamilton foi penalizado em 5 segundos por reduzir a velocidade excessiva e perigosamente, aquando do 1º pit stop. No pódio terminou o homem que conseguiu sábado a sua 1ª pole position de carreira.

Valtteri Bottas conservou no arranque a liderança mas aquando da 1ª mudança de pneus desceu para trás de Vettel e desde aí, com um carro que considerou sobrevirador, acabou por não conseguir opor-se aos dois homens que estão a discutir o mundial.  

Vettel pressionou Bottas nas primeiras voltas. O piloto da Mercedes perdia aderência traseira devido ao efeito de um gerador defeituoso usado aquando da colocação na grelha.

Fonte: @RTPF1

A Ferrari optou por tática agressiva ao inicial rondas de pitstops para Vettel à 10ª volta para Vettel, desde logo anunciando uma estratégia de 2 pitstops.

Verstappen copiou Vettel mas o resultado não deu para confirmar. Logo na saída para a pista, um problema de travões atirou-o para fora da pista. Abandono prematuro do rápido holandês.

Fonte: @RTPF1

Não passou um minuto para que o Safety Car fosse enviado para pista. Tudo por conta de um contacto entre o rookie Lance Stroll da Williams e o Toro Rosso de Carlos Sainz. Carlos tinha feito o Pit Stop e voltava à pista. Stroll tinha vantagem e fechou.

Os dois tocaram-se e a pista ficou com mil pedaços dos chassis de ambos. Carlos Sainz no final de corrida foi considerado responsável e sofrerá como penalização 3 lugares de posição na grelha do próximo GP, na Rússia.

Fonte: @RTPF1

Imediatamente as equipas enviaram para PitStop quem ainda não tinha entrado. Entre os Quais Bottas, Hamilton e Ricciardo.

Hamilton, sabia que teria de ficar atrás de Bottas, abrandou à entrada da pitlane e atrasou Ricciardo. Fê-lo exageradamente (como admitiu). Hamilton reduziu a velocidade para 57 Kms/h antes de a voltar a subir para 75 Kms/h.

Fonte: @RTPF1

A direção de corrida atribuiu-lhe uma penalização de 5 segundos aquando da 2ª paragem para troca de pneus. Como se percebeu foram 5 segundos que podem ter feito a diferença no final.

Vettel achou-se no recomeço da corrida na liderança da corrida. Hamilton foi buscar posição de Bottas, mas o alemão da Ferrari já rolava a mais de 6 segundos. Da mesma forma que Hamilton foi passando Bottas as vezes que quis, também Vettel o fez em relação ao colega de equipa Kimi Raikkonen. Ninguém se intrometeu num duelo que se percebia seria a dois.

Fonte: @RTPF1

Lewis Hamilton marcou a sua 2ª paragem para pitstop, cumprindo os 5 segundos de penalização, com 16 voltas para o final. Saía com pneus macios, novos. Era um sprint para recuperar todo o tempo de atraso para Vettel.

E ganhou. Naturalmente. Mais de 1 segundo por volta. Com 6 voltas para o final, Hamilton estava só a 7 segundos do alemão. Mas ficou por aí.

Fonte: @RTPF1

Bottas conservou vantagem que geriu para pódio, sobre Raikkonen. Dois segundos sobre a meta que impedem que Raikkonen voltasse aos pódios, algo que acontece há 16 GPs (embora com cinco 4ºs lugares). Kimi começou em quinto na grelha e teve corrida sem ritmo, chegando a estar perdido em sétimo, mas no final fez valer a superioridade do Ferrari perante os pilotos com quem lutava atrás do Top3.

Daniel Ricciardo foi 5º no final, perdendo para Kimi a posição que lhe roubara no final da qualificação de sábado.

Felipe Massa foi o melhor dos restantes. Grande corrida do brasileiro. Consistente. Ganhou 2 posições em relação à sua posição de largada. E como disse no final, soube como uma vitória. Um resultado e corrida, dedicados a Sir Frank Williams, precisamente no dia em que completou 75 anos.

Fonte: @RTPF1

Mais um grande resultado para a Force India. A exemplo de Ferrari e Mercedes, agora a única equipa que termina com os seus 2 pilotos nos pontos, os 3 GPs já disputados. Vindo de 18º na grelha, Sergio Perez ganhou 11 posições na corrida e voltou a colocar-se no lugar que costuma. Tudo graças ao primeiro turno, beneficiando do tempo de pitstop e entrada do safety car, controlando depois até final. Esteban Ocon, terminou de novo em 10º, pela terceira corrida consecutiva.

Fonte: @RTPF1

Romain Grosjean, foi 8º no Haas e Nico Hulkenberg no Renault foi o 9º da corrida, também terminando nos pontos.  

Nota para mais uma corrida desesperada da McLaren-Honda. Um dos carros, o de Vandoorne, nem sequer saiu para a pista, depois de um problema terminal no MGU-H (unidade que faz a recuperação de energia dos gases de escape, que quando funciona como motor, converte a energia elétrica em energia mecânica). A Honda perdeu por completo 4 unidades destas ao longo do fim-de-semana, o que faz antever muitas penalizações em grelha para o final da época (pois há limite de uso das unidades por temporada).   Já Fernando Alonso se queixou por rádio ao longo do GP que nunca tinha tido tão pouca potência de motor na sua carreira.

As mensagens de rádio de Alonso têm-se transformado no maior vexame público para a Honda que continua a sua problemática fase de regresso à Fórmula 1. E o espanhol voltou a abandonar na última volta, como já antes tinha acontecido, alegando problemas de motor. Mas, talvez não seja o caso. Corre o rumor no paddock que Alonso terá prometido à equipa que daria 200% dentro do carro, mas se não conseguisse chegar aos pontos, por falta de condições, anunciaria sempre na última volta que abandonava por problemas de motor. Problemas…falta de competitividade… Veremos se a série continua.  

| Classificação Final do GP Bahrain de Fórmula 1

Fonte: @F1

No Mundial de Pilotos, Vettel é agora líder com 68 pontos. Hamilton 61 Bottas 38 Raikkonen 34 Verstappen 25 Ricciardo 22, Massa 16 Perez 14.

No  Mundial de construtores, a Ferrari passou para o comando com 102 pontos. A Mercedes tem 99, Red Bull 47, Force India 17, Williams 16, ToroRosso 12, Haas 8 e Renault 2. O próximo GP é na Rússia, no dia 30 de Abril.  

Fonte: @RTPF1

| ESTATÍSTICAS GP DO BAHRAIN DE FÓRMULA 1

Fonte: @F1 – Bahrain International Circuit, Sakhir, Bahrain.

| VITÓRIA

Fonte: @RTPF1

* Sebastian Vettel – 44ª vitória de carreira ( 3ª no Bahrain,  tinha vencido em 2012 e 2013 com a Red Bull)

* Ferrari – 226ª vitória na F1, 5ª no Bahrain (outras foram Schumacher em 2004, Massa em 2007 e 2008 e Alonso em 2011)

* Motores Ferrari – 227ª vitória na F1

* Alemanha – 170ª vitória na F1

* Carro # 5 – 135ª vitória na F1

VITORIAS 2017 – Vettel 2, Hamilton 1 ; Ferrari 2, Mercedes 1

| POLES

Fonte: @RTPF1

* Valtteri Bottas – 1ª pole de carreira, a 1ª de um finlandês desde Heiki Kovalainen em 2007. Torna-se o 98º piloto da história a fazer a pole.

* Lewis está na 1ª fila pela 108ª vez, 3ª do ano (17 em 2015, 15 em 2016). É a 2ª maior marca de sempre. Mais, só Schumacher 116

* Mercedes – 76ª pole position, a 5ª escuderia com mais poles de sempre.

* Mercedes – 18ª pole consecutiva (desde o GP do Canadá de 2016). É agora a 3ª melhor marca de sempre. Melhor só a sequência de 2014/2015 da própria Mercedes com 23 e da Williams em 1992-1993 com 24. * Mercedes – 50ª primeira fila completa em grelha da Mercedes.

* Mercedes – 30ª primeira fila consecutiva em qualificação. É a 3ª melhor marca de sempre, a para da Williams (Austrália 1995 – Inglaterra 1997). Melhor só a McLaren com 33 (Alemanha 1988 – Alemanha 1990) e a Williams com o record absoluto de 35 (Africa do Sul 1992 – San Marino 1994).

* Motores Mercedes: 159ª pole da história. Mais na frente só Ferrari 209 e Renault 213.

* Foi a 49ª pole da Finlândia na F1. (Hakkinen 26, Raikkonen 16, Keke Rosberg 5, Bottas 1 Kovalainen 1)

Outros…

* Hamilton marca poles há 11 anos consecutivos (desde 2007). Passa os 10 anos consecutivos em que Ayrton Senna marcou poles. Agora na frente só Michael Schumacher que marcou poles em 13 anos consecutivos. De 1994 a 2006.

POLES DE 2017 – Hamilton 2 Bottas 1 ; Mercedes 3

1ª FILAS DE 2017 – Hamilton 3, Vettel 2, Bottas 1 ; Mercedes 4, Ferrari 2. Facto: Interrompida a 6ª pole consecutiva de Hamilton, fica assim a apenas a 1 de igualar o seu máximo pessoal de 7 e a 2 de igualar o máximo absoluto de Ayrton Senna.

| VOLTAS MAIS RÁPIDAS

Fonte: @RTPF1

*  Lewis Hamilton – 33ª Volta Mais Rápida. É a 1ª volta mais rápida de corrida que faz em Sakhir.

* Mercedes: 49ª volta mais rápida de corrida da história (a 3 da Red Bull).

* Motores Mercedes: 143ª Volta rápida de Corrida.

VOLTAS MAIS RÁPIDAS 2017: Hamilton 2 Raikkonen 1 ; Mercedes 2; Ferrari 1

Fonte: @F1

10 voltas mais Rápidas do GP do Bahrain

Lewis HAMILTON – Mercedes – 1’32”798

Daniel RICCIARDO – Red Bull- 1’33”495

Kimi RAIKKONEN- Ferrari- 1’33”720

Sebastian VETTEL- Ferrari – 1’33”826

Valtteri BOTTAS – Mercedes – 1’34”087

Felipe MASSA- Williams -1’34”256

Sergio PEREZ – Force India – 1’34”609

Romain GROSJEAN- Haas – 1’34”948

Daniil KVYAT – Toro Rosso – 1’34”985

Marcus ERICSSON – Sauber – 1’35”086

| PÓDIOS

Fonte: @RTPF1

* Sebastian Vettel – 89º pódio da carreira. Pela 44ª vez no lugar mais alto. * Lewis Hamilton – 107º pódio de carreira (é agora o 2º piloto com mais pódios e um dos 3 com mais de 100 pódios). À frente apenas Michael Schumacher 155). Foi P2 pela 30ª vez.

* Valtteri Bottas – 11º pódio de carreira ( = Jarno Trulli, Patrick Tambay e Chris Amon) Foi P3 pela 9ª vez ( =  Jody Schekter, Niki Lauda, John Watson, Michele Alboretto, Giancarlo Fisichella, Daniel Ricciardo e Nico Rosberg).

* Ferrari – 710º pódio da história. * Mercedes – 133 pódio da história (é a 6ª escuderia com mais pódios de sempre no ranking. Está a 3 pódios da Red Bull) * Alemanha faz o seu 383º pódio.

* Grã-Bretanha faz o 638º pódio de sempre.

* Finlândia faz o seu 170º pódio

PÓDIOS DE 2017: Vettel 3, Hamilton 3, Bottas 2, Verstappen 1 ; Mercedes 5, Ferrari 3, Red Bull 1

| PIT STOPS

Fonte: @F1

* GP do Bahrain -31 PitStops

* MELHORES PIT STOPS em Sakhir

* Vitórias em PIT STOPS 2017: Massa (Williams) 3 ;

* Top 3 Cronos na PitLane GP Bahrain:

Felipe Massa – Williams – 24.240

Sebastian Vettel – Ferrari – 24.314

Sergio Perez – Force India – 24.332

* TOTAL DE PITSTOPS DE 2017 = 131

Pit Stops -> AUS 20 CHI 80 BAR 31

| VOLTAS NO COMANDO

Fonte: @RTPF1

* 3 Comandantes do GP do Bahrain. Vettel comandou 36 voltas, Bottas liderou 13 e Hamilton comandou 8 voltas.

* Lewis Hamilton, a par de Schumacher, são os únicos pilotos a liderar mais de 3000 voltas na história.

* Lewis Hamilton comandou um GP pela 102ª vez. Ele e Schumacher são os únicos pilotos da história a suplantar a marca dos 100 GPs liderados. Lewis 102 em 191 GPs e Schumacher 142 em 306.

VOLTAS LIDERADAS EM 2017: Hamilton 80, Vettel 74, Bottas 15, Raikkonen 1 ; Mercedes 95, Ferrari 75.

| ABANDONOS

* Tivemos 7 abandonos no GP, 3 por acidente/despiste (Sainz, Stroll, Verstappen) restantes 4 por motivos mecânicos (Vandoorne, Alonso, Magnussen e Ericsson)

* ABANDONOS TOTAL 2017: 19 abandonos (5 por acidente/despiste; 14 por motivos mecânicos). Em 2016 tinham existido 85 abandonos, 30 por acidente/despiste; 55 por motivos mecânicos)

| FACTOS ESTATÍSTICOS

* É a primeira vez que a Ferrari vence duas das três primeiras corridas da época desde 2008, quando Kimi Raikkonen e Felipe Massa venceram na Malásia e no Bahrain.

* A última vez que o mesmo piloto da Ferrari venceu duas das três corridas de abertura foi Michael Schumacher em 2004. A única vez que Vettel venceu duas das três primeiras rondas, foi em 2011 e conquistou o título.

* Kimi Raikkonen não conseguiu conquistar o 8º pódio no Bahrain. Foi apenas a 2ª vez nos últimos 6 anos que não termina no pódio.

* Sergio Perez leva agora 13 GPs consecutivos a pontuar.

* Nico Hulkenberg marcou os seus primeiros pontos (e da Renault) em 2017 com o 9º lugar.

* Hamilton tem pelo menos uma vitória em cada uma das 11 épocas de F1

* Interrompida a 6ª pole consecutiva de Hamilton, fica assim a apenas a 1 de igualar o seu máximo pessoal de 7 e a 2 de igualar o máximo absoluto de Ayrton Senna.

* Foi o 2º abandono duplo da McLaren.

* Sergio Perez em 7º e Esteban Ocon em 10º dão pela 3ª corrida este ano pontos duplos à Force India. É a única escuderia além de Mercedes e Ferrari com ambos os pilotos a pontuar nos 2 GPs.

* Carlos Sainz interrompeu sequência de 6 GPs nos pontos. * McLaren está sem vencer há 81 GPs (desde GP da Brasil de 2012 com Button). É o seu maior registo sem vitórias. O anterior datava das temporadas de 1993 a 1997.

* Nico Hulkenberg e Valtteri Bottas são agora os únicos pilotos hoje na F1 que já têm pole mas ainda não venceram um GP.

* Pelo 3º GP consecutivo (2017), pilotos de cinco equipas diferentes foram eliminados na Q1.

* A última vez que dois Renaults tinham sido apurados para a Q3 foi no GP da Coreia de 2011, quando Bruno Senna e Vitaly Petrov eram pilotos.

* Jolyon Palmer (Renault) foi apurado pela 1ª vez na carreira para a Q3. Ele é um dos 4 pilotos que em qualificação ainda não bateram o seu colega de escuderia em Qualificação 2017. Os outros são Kimi Raikkonen, Stoffel Vandoorne e Lance Stroll.

* Em 3 GPs Lance Stroll fez menos Kms que Pascal Wehrlein (que só fez o GP do Bahrain), esta temporada.

* Alonso anunciou que faltará ao GP do Mónaco para se estrear no mesmo fim-de-semana nas 500 Milhas de Indianapolis. Ora, 500 Milhas ele ainda não fez este ano. Apenas totalizou 737,5 Kms, ou seja 458,2 Milhas nas 3 provas de 2017.

* Por das 12 vezes que o GP do Bahrain se realizou, o seu vencedor veio a sagrar-se nesse ano Campeão do Mundo.

* 61 GPs consecutivos sem a McLaren no pódio

* 81º GP sem a McLaren na pole position, a maior ausência desde 1994-1997

* A Williams não vence desde o GP de Espanha de 2012 (Maldonado), há 97 GPs.

* Sequência Ativa….Vettel, Hamilton, Rosberg, Ricciardo e Verstappen venceram 76 GPs. Bate um record de 5 pilotos vencedores a vencer 60 GPs (Vettel, Hamilton, Rosberg, Alonso e Ricciardo, entre os GPs do Mónaco 2013 e Russia 2016. O outro registo para 5 pilotos vencedores é de 54 GPs, com Piquet, Senna, Prost, Mansell e Berger entre GP do Brasil 1986 e EUA 1989.

GRID GIRLS GP DO BAHRAIN (link externo via motorsport magazin)

Fonte: @RTPF1

Fonte: Vettel ganha GP do Bahrain | Jorge Alexandre Lopes 16 Abr, 2017, 18:31 | atualizado em 20 Abr, 2017, 16:29 | Fórmula 1

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.

%d blogueiros gostam disto: