GP DO BAHRAIN – A TURNÊ TOXIC DA BRITNEY CONTINUA

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

| Débora Santos Almeida – publicado em 03/04/2016 às 17:00

Até agora o grande destaque vai para uma Mercedes e para ser mais exata é a Mercedes de Nico Rosberg que durante esse final de semana venceu mais uma corrida, ele também parece estar mais confiante e determinado o que pode ajudar ele durante a trajetória desse ano. Com essas duas provas Nico já soma 50 pontos contra 33 de Hamilton, visto que esse ano a briga não esta sendo ”desigual” já que nenhum carro da equipe sofreu alguma pane que pudesse prejudicar os pilotos o diferencial está sendo mesmo na forma como cada um conduz o seu carro.

BRITNEY

No Bahrein, Rosberg andou mais rápido que o seu companheiro de equipe, além disso largou bem melhor o que se mostrou decisivo na pista, Hamilton foi acertado por Bottas na primeira curva, e ficou atravessado na pista e se viu no meio do pelotão, não causando nenhum acidente grave, então ele começou a fazer uma corrida de recuperação e conquistou o terceiro lugar. 

Antes mesmo da corrida começar, durante a volta de apresentação, Sebastian Vettel acabou abandonando a prova com problemas no motor, contabilizando dói motores a menos já no começo do campeonato. Com um carro a menos no Grid, a Ferrari se viu lutando para obter um lugar bom com Raikkonen, que fez uma corrida espetacular e deixou o seu carro no meio de duas Mercedes, chegando em segundo lugar. 

Mas o destaque dessa vez foi a Haas de Grojean, economizando os pneus durante o sábado de classificação, teve a oportunidade de abusar dos supermacios durante a corrida, mantiveram um ritmo forte, quase o tempo todo, Grojean fez varias ultrapassagens de tirar o folego, finalizando o GP do Bahrein com um quinto lugar, dessa vez sem a ”ajuda” de nenhum safty car, somente as decisões precisas da equipe e um piloto com coragem.  

Se por um lado uma equipe estreante foi bem sucedida em suas escolhas, a veterana continua apanhando com as suas decisões, Massa que parecia ter um final de semana promissor quando na largada se viu conquistando o segundo lugar, foi prejudicado pelas escolhas equivocadas da equipe e foi parar em oitavo lugar, preferindo aderir a escolha de duas paradas, uma a menos que os demais competidores, fazendo uma maior uso dos pneus de maior duração mais por consequência mais lentos, apanhou dos demais pilotos que estavam usando compostos mais velozes mesmo que tivessem que aderir a mais uma parada, chegando a frente de seu companheiro de equipe que foi punido com drive-through após colidir com Hamilton. 

Mais um brasileiro que não teve um final muito bom foi Nasr, que largou em ultimo, conquistou varias posições ao longo da corrida, ficando na zona de pontuação, mas ao final da corrida chegou apenas em decimo quarto lugar.  

Uma Menção que merece destaque é sobre Sroffel Vandoorne que foi substituto de Fernando Alonso, que foi vetado pelos médicos da FIA, chegando em décimo e pontuando em sua primeira corrida na categoria além de conceder os primeiros pontos da McLaren no campeonato, Alonso que foi questionado esse final de semana sobre se já não estava na hora de recorrer a aposentadoria devido a desmotivação e as condições que sua equipe está fornecendo a ele, um piloto capacitado e experiente acostumado a vitorias se ver praticamente no fundo do poço. 

A próxima etapa da F1 é na China no dia 17, nós encontramos com mais uma analise da corrida e torcendo para a Haas se destacar cada vez mais. 

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

One thought on “GP DO BAHRAIN – A TURNÊ TOXIC DA BRITNEY CONTINUA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: