FP2 – Ricciardo lidera dobradinha da Red Bull e Ferrari fica fora do top-5

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Mais uma sessão em que Daniel Ricciardo conseguiu se manter na ponta após marcar 1:40:852, seguido pelo companheiro de equipe Max Verstappen e logo depois tínhamos a presença de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. A ponta voltou a ser bem disputada por essas duas equipes, repetindo o festival de trocas que havia acontecido no FP1. Destaque para mais um motor Renault que se deu bem durante essa sessão com Nico Hulkenberg,  completando assim o top-5.

Os carros da McLaren ocupavam o sexto e sétimo lugar, com Vandoorne e Fernando Alonso. Os carros da Ferrari que assustavam com as suas posições baixas, Raikkonen era nono e Vettel décimo primeiro. O alemão acabou sendo atrapalhado na sua volta rápida e logo depois desistia de tentar mais uma vez, passando pouco tempo depois para a simulação de corrida, não sabemos o que esperar para a equipe de Maranello que tinha aparentemente, grandes chances de se sair melhor que os carros da Mercedes neste circuito.

As equipes apostaram em usar mais de meia hora do segundo treino livre, para trabalhar as simulações de corrida. Enquanto que a Ferrari e a Mercedes optaram em saber a durabilidade dos pneus macios, a Red Bull apenas treinava com os supermacios e ultramacios, talvez já trabalhando com a possibilidade de duas paradas para a corrida de domingo (17), utilizando os compostos mais rápidos do final de semana. 

lll Saiba como foi o FP2

Kevin Magnussen que voltava a assumir a sua Haas, era o primeiro a deixar os boxes, fazendo uma simulação de largada, seguido por Carlos Sainz que também não treinou nesta manhã para Saen Gelael conseguisse adquirir quilometragem. Bottas também se encaminhava para a sessão e como Magnussen, treinava a largada na parte especifica para essa ‘’manobra’’ no pit-lane. Magnussen era o primeiro a registrar tempo e tinha 1:50:374, em seguida Sainz tinha um tempo um pouco melhor que o obtido pelo piloto da Haas e marcava 1:49:151, Grosjean vinha atrás do companheiro de equipe com 1:50:512.

Os carros da Renault assumiam a ponta, mas não durou muito tempo e Hulkenberg (1:46:271) e Palmer (1:46:419) e tínhamos a McLaren de Vandoorne que vinha mais forte com 1:44:392, seguido por Bottas com 1:44:670 e pouco tempo depois Alonso se tornava o terceiro colocado com 1:44:790. Ocon conseguia se encaixar entre os carros da Renault com 1:46:370 ficando com o quinto lugar.

Daniel Ricciardo que havia se encaminhado para a pista, voltava para a ponta com 1:42:520, seguido por Verstappen com 1:42:996. Destaque para Pérez que subia para a quarta posição com 1:44:172, já que Alonso vinha mais forte e assumia o terceiro lugar com 1:43:718. Hamilton com pneus macios, instantes depois, tomava o terceiro lugar do espanhol.

Ricciardo seguia na ponta e melhorava ainda mais com 1:42:300, Vandoorne se mantinha na pista, melhorando e superava os carros da Mercedes com 1:43:538, Bottas passava a assumir o quarto lugar com 1:43:546.

Mostrando boa forma a Red Bull se mantinham na ponta e dessa vez era com Max Verstappen, após marcar 1:42:264. Raikkonen era o sétimo com 1:43:801 e Vettel era o oitavo, também com pneus macios e tinha 1:43:866.

Ricciardo e Verstappen passavam a alternar a ponta o australiano marcava 1:42:166, mas logo em seguida o holandês virava 1:42:077.

Vettel com os pneus macios de 7 voltas, iguais aos do seu rival direto do campeonato, marcava 1:43:104 e se colocava em quarto lugar.

Com quase meia hora de sessão realizada, Sainz se colocava em décimo com 1:43:964. Hulkenberg com os pneus supermacios e em um novo stint, passava a ser o terceiro colocado com 1:42:448.

Bottas também iniciava um novo stint, também com o jogo de ultramacios novos e assumia o segundo lugar com 1:42:104. Palmer era décimo com 1:43:795.

Hamilton explorava o carro e conseguia a ponta com 1:41:555 e logo em seguida Ricciardo tirava 0s327 do tempo do inglês ao marcar 1:41:228. Para o lado da surpresa desagradável, Grosjean rodava na pista e Palmer dava inicio ao batismo do muro na mesma volta, mas ambos sem maiores prejuízos.

Vandoorne seguia em sexto com 1:42:501 de pneus ultramacios novos. Verstappen também respondia o bom rendimento e tomava o segundo lugar do inglês da Mercedes, marcando 1:41:408. Alonso aparecia em sétimo com 1:42:788 e Ricciardo seguia voando e já marcava 1:40:852, colocando 0s556 no companheiro de equipe.

Pérez assumia o oitavo lugar com 1:42:826, Raikkonen era o nono com 1:42:835 e Ocon era o décimo colocado com 1:43:054. Verstappen era mais um dos pilotos eque perdia o controle do carro e acertava a barreira de pneus.

O Safety Car virtual era acionado com 45 minutos restantes para o final de sessão, pois Vettel acabava arrancando uma placa da barreira de contenção na curva 8. Logo em seguida o alemão se encaminhava para os boxes da equipe, para fazer uma verificação do carro. O SC virtual sumia assim que a placa era removida da pista.

Curioso era ver Stroll na décima oitava posição com a maior speed trap da sessão e voltava para a pista conseguindo melhorar o seu tempo e indo ocupar o décimo sexto lugar, ficando atrás do companheiro de equipe.

Com um pouco mais de meia hora para o final da sessão, os pilotos começavam a testar a durabilidade dos pneus e os carros já estavam mais pesados na pista.

Esteban Ocon fazia com a equipe da Force India uma simulação de pit-stop. Vettel voltava para a pista com os pneus macios de onze voltas.

As posições permaneceram por mais de meia hora inalteradas, logo depois que as equipes optaram por fazer as suas simulações de corrida.

Sainz ainda conseguiu revelar uma emoção depois que o cronômetro acabou zerando. Freou no ponto errado e era possível ver uma fumaça saindo da sua roda dianteira direita, pois o disco de freio do seu carro havia pegado fogo. É corriqueiro isso acontecer em Cingapura, já que as freadas são muitas vezes bruscas e constantemente realizadas, por ser o circuito com mais curvas da temporada.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: