FP2 – Max Verstappen lidera segunda rodada de treinos em Baku

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

O bom desempenho dos carros da Red Bull não foram apenas um conto de fadas e a equipe austríaca acabou se dando bem no segundo treino livre que fora realizado no Azerbaijão nesta sexta-feira (23). Max voltou a ocupar o primeiro lugar, enquanto Ricciardo era o terceiro.

| FP2

Os mecânicos da Force India trabalhavam contra o tempo para arrumar o carro de Sergio Pérez depois da batida no primeiro treino livre. Os pilotos ainda sofriam com a falta de aderência na segunda sessão e acabou resultando em algumas escapadas para fora do traçado. Max Verstappen não demorou muito para aparecer na ponta e a medida que dava mais voltas na pista o seu tempo reduzia e marcou 1:43:988 e Daniel Ricciardo acompanhava o seu companheiro de perto.

Destaque para Fernando Alonso que chamava a atenção depois de aparecer em segundo, porém o tempo do espanhol era muito alto perto do obtido pelo jovem piloto da Red Bull, a diferença entre eles era de quase dois segundos.

Um pouco antes de termos meia hora de sessão concluída a Force India havia conseguido terminar os trabalhos no carro de Pérez e o piloto foi mandado para a pista e os carros da equipe começaram a escalar a tabela, ficando dentro do top-5. Max era ponteiro e se mantinha na frente de Hamilton, até que Ricciardo passou a ocupar o segundo lugar. Lewis foi para os boxes e dupla Pérez e Ocon superavam os pilotos da Mercedes.

Os pilotos partiram para os pneus supermacios, para a segunda rodada de voltas rápidas. Bottas foi o primeiro a realizar a troca, mas encontrou dificuldades e acabou reclamando sobre o carro, dizendo que havia um desequilibrio na parte traseira.

Verstappen já era o melhor do dia com 1:43:894, mas o holandês voltou para a pista com os supermacios e claro que tinha oportunidade de melhor ainda mais com os compostos mais velozes do fim de semana.

Um safety car vitual acabou sendo ativado depois de Danill Kvyat passar com a roda traseira direita rente ao muro e espalhar detritos pela pista.

Quando o treino voltou a normalidade, Massa era visto subindo para a sétima posição depois de marcar 1:44:609. Raikkonen também veio voando e colocou a sua Ferrari na frente dos carros da Red Bull, para assumir o topo da tabela com 1:43:723, mas Vettel segundos depois acabava por tomar a ponta com 108 milésimos a menos que o seu companheiro.

Max Verstappen ainda não satisfeito por fim cravou 1:43:362 e voltou a tomar a ponta para si. Bottas subiu para segundo com 1:43:462. Hamilton reclamava de problemas com os pneus dianteiros, mas foi Jolyon Palmer quem perdeu o controle do carro e causou uma bandeira vermelha, a batida ocorreu na curva 8.

A sessão foi retomada e faltava um pouco mais que meia hora para o termino, mas para Alonso foi o fim, sim o espanhol teve problemas com a sua McLaren, que não é mais nenhuma novidade para os fãs de Fórmula 1. Alonso vinha da décima segunda posição quando o seu carro começou a ter problemas de falta de potência e acabou por encostar o carro.

Ricciado conseguiu obter uma volta boa com 1:43:473 para ficar com o terceiro lugar. Porém nos segundos finais para o termino do treino, Max Verstappen acabou batendo o seu carro na barreira de proteção, a equipe terá que arrumar o RB13 para o sábado, mas o incidente não apaga a boa desenvoltura que a Red Bull obteve.

| Um pouco mais da sessão

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: