Classificação – Hamilton quebra recorde da pista, iguala ao número de pole-position de Schumacher e bate Ferrari

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Hamilton está no final de semana de número 200° de Grandes Prêmios em que o inglês participou, além disso Lewis acabou de chegar em mais uma marca histórica na sua carreira em mais uma que foi batida este ano, fazendo a sua 68ª pole-position, igualando ao número de Michael Schumacher. Como já era esperado o rendimento da Mercedes em classificação permaneceu, e mesmo com a dobradinha da Ferrari no terceiro treino livre, o inglês não se intimidou e correu atrás do primeiro lugar para a corrida de amanhã. A pergunta que fica é, será que Vettel vai repetir o feito de 2013 quando largou no segundo lugar e na primeira volta já havia ultrapassado Hamilton? Bom para obtermos essa resposta só assistindo mesmo a corrida de amanhã (27) que tem largada as 9h pelo horário de Brasília.

Vettel não chegou a ameaçar Lewis na classificação, no entanto na sua última tentativa o alemão da Ferrari conseguiu encaixar uma volta bastante boa para acabar com a dobradinha da Mercedes. Kimi Raikkonen que vinha tendo um final de semana de rendimento muito bom, acabou abortando a última volta e ficou apenas com o quarto lugar, o finlandês acabou reclamando de uma vibração no carro desde o Q1. E para fechar o Top-5 ainda contou com a presença de Max Verstappen. 

Felipe Massa acabou recebendo uma punição de menos 5 posições no grid depois de não ter reduzido a velocidade na bandeira amarela que foi ativada no terceiro treino livre, depois que o carro de Kvyat acabou perdendo potência e encostado na lateral da pista. Se a situação do brasileiro já era ruim com essa notícia, ainda poderia piorar um pouco mais e Massa não conseguiu passar para o Q2. 

Na chuva de punições que ainda vamos ter para a corrida de amanhã, Vandoorne deveria perder 35 posições no grid, talvez se largar umas duas horas antes o piloto poderia cumprir todas elas. Enfim o que foi trocado no seu carro que ocasionou essa tamanha perda de posições foi, o quinto motor de combustão interna, o oitavo MGU-H, o quinto MGU-K, a sexta bateria e a sexta centralina eletrônica. O piloto ficara com o 20° lugar no grid de largada. Kvyat também vai perder posições pela troca do motor. Daniil Kvyat da Toro Rosso também sofre penalização por troca do motor e Pascal Wehrlein e Marcus Ericsson da Sauber, por troca de câmbio.

lll Saiba como foi a classificação

lll Q1

Hamilton não perdeu tempo e foi logo para a pista, seguido pelo companheiro de equipe, em seguida vinham as duplas da Force India e Williams. A Mercedes utilizava os pneus supermacios, contra os macios usados por Pérez e Ocon. Massa e Stroll estavam com os utramacios.

A dupla da Force India acabou voltando para os boxes pouco depois de dar uma única volta na pista. Hamilton era o primeiro a ter um tempo cronometrado, com 1:44:316, Bottas vinha logo atrás com 1:44:773. Stroll era o terceiro a registrar tempo com 1:47:046. Raikkonen passava e se tornava o segundo com 1:44:773, mas Vettel vinha logo em seguida para assumir a ponta com 1:44:275 e empurra os outros competidores para baixo.

Raikkonen reclamava de vibração no carro e a equipe pedia para ele retornar aos boxes para uma verificação, pois a sua passagem para o Q2 já estava garantida com o tempo que havia obtido.

Vandoorne se tornava o quito colocado com 1:45:673. Verstappen pulava para terceiro com 1:44:535 e Ricciardo era sexto com 1:45:114, os carros da Red Bull utilizavam os pneus ultramacios. Alonso era décimo com 1:45:771.

Hamilton melhorava ainda mais a sua volta 1:44:184 e passava a assumir a ponta, restavam 7 minutos para o término do Q1.

Palmer subia para oitavo com 1:45:447, ficando entre os carros da Force India, Hulkenberg era o décimo primeiro com 1:45:722.

Com pouco menos de 5 minutos os carros dos ponteiros já estavam nos boxes, apenas Magnussen, Grosjean, Alonso e Vandoorne seguiam na pista. O piloto francês que estava na zona de corte, tentava melhorar o tempo na tentativa de colocar o carro na segunda fase da classificação.

Aos poucos os outros pilotos que também estavam na zona de corte retornavam para a pista, Sainz, Massa, Kvyat e Hulkenberg seguiam em mais uma tentativa.

lll Eliminados

16) Felipe Massa 1:45:823

17) Daniil Kvyat 1:46:028

18) Lance Stroll 1:46:915

19) Marcus Ericsson 1:47:214

20) Pascal Wehrlein 1:47:679

https://twitter.com/F1/status/901419383821660160

lll Q2

Novamente Hamilton era o primeiro a deixar os boxes e dessa vez o inglês usava os pneus ultramacios, seguido por Vettel, Raikkonen e Bottas.

Hamilton já marcava 1:43:539, seguido por Raikkonen com 1:43:700 e Bottas tinha 1:43:826 e Vettel vinha em quarto com 1:43:987, mas o holandês passava logo em seguida e assumia o quarto lugar que era do alemão da Ferrari com 1:43:940. Ricciardo era o sexto com 1:44:224, seguido por Alonso com 1:45:090.

Aos poucos os outros carros foram registrando os seus tempos, Palmer se tornava sétimo com 1:44:843, Ocon ficava na frente do companheiro de equipe, em oitavo com 1:45:006, Pérez era o nono com 1:45:051. Hulkenberg era o décimo primeiro com 1:45:122. Palmer ainda teve que ter o carro pesado pelos comissários, será que achavam que tinha alguma coisa, já que ele estava indo tão rápido? Brincadeiras à parte, esse é um procedimento, que qualquer piloto está submetido a passar na classificação.

Com menos de 3 minutos para o encerramento do Q2, os pilotos retornavam para a pista para um novo stint e esses compostos definiriam o pneu que vão ser usados na largada do domingo.

Vandoorne e Alonso voltavam para a pista e o companheiro de equipe acabava usando o carro para ajudar o espanhol a pegar o vaco do seu carro e melhorar a volta. Tudo para garantir que o mesmo avançasse para o Q3.

Hamilton conseguia melhorar a sua volta e marcava 1:42:927 e Bottas que era o segundo também melhorava a volta para 1:43:249.

Alonso acabou fora do Q2 e no final da sessão acabou ficando sem potência no motor. Palmer se mantinha em sétimo com 1:44:685, Pérez era oitavo com 1:44:894, Hulkenberg melhorava a volta e tirava Alonso da décima posição com o seu nono lugar 1:44:988 e Ocon era o décimo com 1:45:006.

lll Eliminados

11) Fernando Alonso 1:45:090

12) Romain Grosjean 1:45:133

13) Kevin Magnussen 1:45:400

14) Carlos Sainz 1:45:374

15) Stoffel Vandoorne 1:45:441

lll Q3

https://twitter.com/F1/status/901426538796777472

Mais uma vez Hamilton não perdia tempo e assim que as luzes dos boxes foram acessas, Hamilton já deixava o pit-line. Para a parte final da sessão os pilotos optaram por usar os pneus ultramacios.

Palmer acabava causando uma bandeira amarela entre a curva 14 e 15. A Renault dizia que era um problema na falta de óleo no câmbio e Jolyon abandonando o Q3 no início.

Hamilton detinha a ponta com 1:42:907, seguido por Raikkonen com 1:43:270 e Bottas em terceiro (1:43:358) e Vettel em quarto com 1:43:426. Logo em seguida vinha a dupla da Red Bull com 1:43:778 e Ricciardo em sexto com 1:43:925. Pérez, Ocon e Hulkenberg não haviam registrado tempo, faltava menos de 5 minutos para o termino.

https://twitter.com/F1/status/901428537588158464

Um novo stint começava, com outros jogos de ultramacios. Hamilton melhorava ainda mais o seu tempo com 1:43:553, Bottas era o segundo com 1:43:094, mas logo em seguida Vettel conseguia marcar 1:42:795 e tomava o segundo lugar do finlandês. Raikkonen acabou tirando o pé na sua última volta e mantinha o tempo que havia obtido no começo do Q3 com 1:44:982 garantindo o quarto lugar. Verstappen era o quinto com 1:43:380, seguido pelo companheiro de equipe com 1:43:380. Hulkenberg assumia o sétimo lugar com 1:44:982. Em oitavo e nono vinha a dupla da Force India com Pérez (1:44:894) e Ocon 1:45:006. Palmer era o décimo já que não havia conseguido registrar tempo no Q3, mais ainda estava sujeito a receber uma punição se a troca do câmbio do seu carro precisar ser realizada.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele espertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

%d blogueiros gostam disto: