As conquistas no GP do Brasil de Fórmula 1

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

| Rubens Gomes Passos Netto – publicado em 09/11/2016 às 05:45

Com quase 40 anos, GP Brasil de Fórmula 1 reúne em sua história diversos pilotos que conquistaram o campeonato após a prova brasileira.

A ultima conquista de um título de pilotos em Interlagos foi em 25 de novembro de 2012, onde Sebastian Vettel da Red Bull Racing tornou-se o mais jovem tricampeão mundial da Fórmula 1, chegando em sexto colocado no Grande Prêmio do Brasil, última prova da temporada. Sebastian Vettel se tornou campeão com três pontos de vantagem para Fernando Alonso da Scuderia Ferrari, que chegou na segunda posição.

Confira:

Emerson Fittipaldi comemora a vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1973 (Fonte: Arquivo/AE/VEJA)
Emerson Fittipaldi comemora a vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1973 (Fonte: Arquivo/AE/VEJA)
O piloto brasileiro Emerson Fittipaldi comemora a conquista do campeonato após o GP Brasil de Fórmula 1 em 1974 (Fonte: Claudio Larangeira/VEJA)
O piloto brasileiro Emerson Fittipaldi comemora a conquista do campeonato após o GP Brasil de Fórmula 1 em 1974 (Fonte: Claudio Larangeira/VEJA)
José Carlos Pace consegue sua primeira vitória na Fórmula 1 no GP Brasil de Fórmula 1 em 1975 (Fonte: Lemyr Martins/VEJA)
José Carlos Pace consegue sua primeira vitória na Fórmula 1 no GP Brasil de Fórmula 1 em 1975 (Fonte: Lemyr Martins/VEJA)
Ayrton Senna comemora a conquista do campeonato e vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1991. 24/03/1991 (Fonte: Antonio Milena/VEJA)
Ayrton Senna comemora a conquista do campeonato e vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1991. 24/03/1991 (Fonte: Antonio Milena/VEJA)
Ayrton Senna, na época pela equipe McLaren, comemora a conquista do campeonato e vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1991. 24/03/1991 (Fonte: Pascal Rondeau/Getty Images/VEJA)
Ayrton Senna, na época pela equipe McLaren, comemora a conquista do campeonato e vitória do GP Brasil de Fórmula 1 em 1991. 24/03/1991 (Fonte: Pascal Rondeau/Getty Images/VEJA)
Ayrton Senna comemora o bicampeonato pela equipe McLaren no pódio do GP Brasil de Fórmula 1 em 1993. 29/03/1993 (Fonte: Marcos Rosa/VEJA)
Ayrton Senna comemora o bicampeonato pela equipe McLaren no pódio do GP Brasil de Fórmula 1 em 1993. 29/03/1993 (Fonte: Marcos Rosa/VEJA)
Ayrton Senna logo após conquistar o bi-campeonato pela equipe McLaren no GP Brasil de Fórmula 1 em 1993 (Fonte: Marcos de Bari/VEJA)
Ayrton Senna logo após conquistar o bi-campeonato pela equipe McLaren no GP Brasil de Fórmula 1 em 1993 (Fonte: Marcos de Bari/VEJA)
O espanhol Fernando Alonso comemora a conquista do campeonato após chegar em terceiro lugar no GP Brasil de Fórmula 1. 25/09/2005 (Fonte: Clive Rose/Getty Images/VEJA)
O espanhol Fernando Alonso comemora a conquista do campeonato após chegar em terceiro lugar no GP Brasil de Fórmula 1. 25/09/2005 (Fonte: Clive Rose/Getty Images/VEJA)
Felipe Massa comemora a vitória no GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
Felipe Massa comemora a vitória no GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
O piloto brasileiro Felipe Massa é carregado pela equipe Ferrari após vencer o GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
O piloto brasileiro Felipe Massa é carregado pela equipe Ferrari após vencer o GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
Fernando Alonso, piloto da equipe Renault, comemora a conquista o bi-campeonato após chegar em segundo lugar no GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
Fernando Alonso, piloto da equipe Renault, comemora a conquista o bi-campeonato após chegar em segundo lugar no GP Brasil de Fórmula 1. 22/10/2006 (Fonte: Paul Gilham/Getty Images/VEJA)
O finlandês Kimi Raikkonen, piloto da equipe Ferrari, comemora a conquista do campeonato de F1 após o GP do Brasil. 21/10/2007 (Fonte: Clive Rose/Getty Images/VEJA)
O finlandês Kimi Raikkonen, piloto da equipe Ferrari, comemora a conquista do campeonato de F1 após o GP do Brasil. 21/10/2007 (Fonte: Clive Rose/Getty Images/VEJA)
Felipe Massa fica desapontado após vencer o GP do Brasil, mas perder o campeonato para Lewis Hamilton. 02/11/2008 (Fonte: Clive Mason/Getty Images/VEJA)
Felipe Massa fica desapontado após vencer o GP do Brasil, mas perder o campeonato para Lewis Hamilton. 02/11/2008 (Fonte: Clive Mason/Getty Images/VEJA)
Felipe Massa abraça Fernando Alomso após vencer o GP do Brasil, mas perder o campeonato para o piloto inglês. 02/11/2008 (Fonte: Getty Images/VEJA)
Felipe Massa abraça Fernando Alomso após vencer o GP do Brasil, mas perder o campeonato para o piloto inglês. 02/11/2008 (Fonte: Getty Images/VEJA)
Lewis Hamilton (centro), piloto da McLaren Mercedes, comemora com a familiares e equipe a conquista do campeonato de Fórmula 1 após o GP do Brasil, em Interlagos. 02/11/2008 (Fonte: Mark Thompson/Getty Images/VEJA)
Lewis Hamilton (centro), piloto da McLaren Mercedes, comemora com a familiares e equipe a conquista do campeonato de Fórmula 1 após o GP do Brasil, em Interlagos. 02/11/2008 (Fonte: Mark Thompson/Getty Images/VEJA)
O inglês Jenson Button comemora a conquista do campeonato após o GP do Brasil, em Interlagos. 18/10/2009 (Fonte: Clive Mason/Getty Images/VEJA)
O inglês Jenson Button comemora a conquista do campeonato após o GP do Brasil, em Interlagos. 18/10/2009 (Fonte: Clive Mason/Getty Images/VEJA)
Sebastian Vettel foi o ultimo a conquistar um título em Interlagos, no mesmo dia Michael Schumacher se despedia do público brasileiro e das pistas (Fonte: @Tumblr)
Sebastian Vettel foi o ultimo a conquistar um título em Interlagos, no mesmo dia Michael Schumacher se despedia do público brasileiro e das pistas (Fonte: @Tumblr)

 

Rubens Gomes Passos Netto

“Netto”, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros e outras bugigangas que orbitam o universo da Fórmula 1, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto quanto pejorativo aos descendentes de primatas residentes nas regiões montanhosas produtoras de café, o que julgava ser maravilhoso, ainda mais sendo um apaixonado pela Fórmula 1, fã da McLaren por paixão e pela Ferrari por criação, já que nasceu em uma família descente de italianos produtores de café e não fabricantes de macarrão, na sua pacata opinião a melhor temporada foi a 2008, já que por um infortúnio reprodutivo de seus pais não conseguiu assistir a temporada de 1986, admira e muito o Emerson Fittipaldi, tem como o carro dos sonhos o McLaren MP4/4 e sonha em um dia ou noite pilotar em Spa e provar que as teorias que não levam a humanidade a lugar algum dos quais ele defende são mais úteis que um relógio digital, salvo se for para comer um pastel de camarão acompanhado de um chopp escuro.

%d blogueiros gostam disto: