Após tragédia com Monger, FIA determina mudança que começa na Fórmula 1

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Depois da tragédia que aconteceu na F4 Inglesa com Billy Monger em Donington Park no mês de abril a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) começou uma investigação para saber qual a melhor forma de implementar uma mudança nos monopostos, capazes de proteger mais o piloto em caso de um acidente parecido com o Monger. A mudança vai começar pela Fórmula 1 e vai sendo instalada nas outras categorias.

Após os estudos realizados pela FIA, levaram Laurent Mekies (diretor de segurança) a determinar os ajustes que precisam ser realizados na parte traseira dos carros para mudar o encaixe do macaco traseiro. A estrutura tem algumas peças que ficam expostas para facilitar aos mecânicos na hora de levantar o carro. A medida passa a valer a partir desse final de semana em Mônaco. Sendo assim todos os pontos de levantamento do carro precisam ser primeiramente aprovados pelo departamento técnico da FIA. O RIS (estrutura de impacto traseira) não vão poder ultrapassar mais de 45mm desde a superfície do RIS).

Não são todas as equipes que vão precisar efetuar a mudança já que o projeto original delas já estava em conformidade com a nova regra estabelecida pela FIA. Porém a Haas foi um dos times que precisou providenciar a alteração, mas não tiveram problemas na ação, mudando a peça do macaco e mais um componente do carro.

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou em mim o interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Fiz da RBR minha casa e meu carro favorito é a Kinky Kylie.

You May Also Like

%d blogueiros gostam disto: